BBB20

BBB 20: Taís Araujo, Bruno Gagliasso e outros famosos comemoram vitória de Thelma

"No fundo, no fundo.... a gente sabe votar!', diz ator

Thaís Araujo - Reginaldo Teixeira/Globo
São Paulo

A vitória da médica Thelma, 35, no Big Brother Brasil 20, na noite desta segunda-feira (27), foi muito comemorada por artistas, como Bruno Gagliasso, Taís Araujo, Lázaro Ramos e Preta Gil.

"No fundo, no fundo.... a gente sabe votar! Parabéns, Thelma, parabéns, Brasil. Eu ainda acredito!", escreveu Gagliasso no Twitter. No Instagram, ele fez um texto maior, em que traçou um paralelo entre o exemplo de Thelma para a sua filha, Titi.

"Eu sou o pai da amiga da Manu, lembra? A menina Chissomo, também conhecida por Títi. Ela tem muita coisa parecida com você e por isso não pude deixar de te procurar pelas câmeras desde o comecinho do jogo. Não entenda isso como um peso, mas saiba que muitos Brunos, pais e mães de muitas Chissomos, estão vibrando com as suas conquistas de toda a vida, mas também pela nossa sociedade ter te enxergado vencedora", afirmou.

Taís Araujo, que pediu votos para a médica e foi retuitada pela atriz americana Viola Davis, escreveu nas redes sociais: "Viola corre aqui, a Thelma ganhou!"

O youtuber Felipe Neto afirmou que a vitória da médica negra corrige um erro do BBB 19, que consagrou a mineira Paula, acusada de ter falas racistas na casa.

Para Preta Gil, a vitória de Thelma é emblemática. "Ela renova as nossas esperanças. Seja muito feliz".

Muitos artistas já tinham declarado que sua torcida era para a médica, que venceu a disputa contra Rafa Kalimann e Manu Gavassi.

Iza também torcedora declarada se ajoelhou para comemorar. "A gente ganhou junto com você", escreveu.

Thiaguinho foi outro cantor que resolveu mostrar que estava com Thelma na luta. "Poder para o povo preto. Mais uma preta milionária", escreveu ele.

Ivete Sangalo se rendeu à vencedora. "Parabéns, Thelminha, por ser corajosa, forte, inteligente e uma inspiração tão necessária."

A apresentadora Eliana parabenizou a vitória de Thelma e também Tiago Leifert, que comandou a temporada. "O que aconteceu neste programa foi transformador. Esta vitória é de todas nós mulheres que desde nossa existência lutamos contra as injustiças sociais, o machismo, preconceito e a falta de respeito. Obrigada Brasil me emocionei com a escolha tão representativa deste Big Brother. [Tiago Leifert] você foi sensível e brilhante em sua condução."

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem