BBB20

BBB 20: Thelma é líder após 26 horas de prova; Mari conquista imunidade

Primeiro eliminado, Daniel está no paredão; prova é a quarta mais longa entre todas as edições

Prova do Líder - Globo
São Paulo

Após quase 26 horas e meia de prova, Thelma é a nova líder do Big Brother Brasil 20. Com a desistência de Mari, ela conquistou a imune e deverá indicar um dos brothers ao paredão. A prova foi a quarta mais longa da história do programa (veja ranking abaixo).

Como dito por Tiago Leifert, por ter sido vice-campeã, Mari também ganhou a imunidade. Na noite de sexta-feira (20), o apresentador revelou para as sisters que as duas já estavam imunes. Ambas ficaram muito felizes com a notícia, e Mari pensou em desistir, mas Thelma a incentivou a continuar até quando ela conseguisse.

Ao público, Leifert avisou também que a produção do BBB decidiu colocar um limite na prova. Se até às 10h30 de sábado (21), uma delas não tivesse desistido, a disputa seria encerrada com um empate. Juntas, elas decidiriam quem ficaria com a liderança e quem levaria o prêmio de R$ 10 mil.

Daniel, por ter sido o primeiro a sair, após alguns minutos de prova, ainda na noite de quinta (19) está na berlinda.

Ao todo, três pessoas disputarão a preferência do público no próximo paredão. Além do indicado pelo líder, os outros dois serão definidos na Prova Bate e Volta, que será disputada por Daniel, pelo indicado pela casa e por mais uma pessoa, que será escolhida pelo indicado pela casa.

A prova consistiu em ficar em pé, abraçado a um cilindro em forma de carrossel. Eram dois competidores abraçados a cada um dos cilindros, enquanto o carrossel girava e emitia vento e calor. Quem aguentasse por mais tempo seria o líder da semana.

Ao longo das mais de 26 horas de disputa, foram muitos momentos de cantorias e discussões sobre o próximo paredão. Gizelly e Ivy, por exemplo, disseram acreditar que Flay está na berlinda nesta semana.

Gabi virou assunto nas redes sociais ao colocar um absorvente interno para absorver o xixi durante a prova. Gizelly explicou para a sister, já depois que ela saiu da disputa, na noite de sexta (20), que os canais por onde saem a urina e a menstruação são diferentes e, portanto, não fazia sentido ela usar o absorvente.

"Estou toda suja de xixi. É que eu nunca usei OB, só aqui", disse a cantora. Durante o programa desta sexta (20), Tiago afirmou que se Gabi se saísse vitoriosa da Prova do Líder o resultado seria anulado, porque ela tentou levar vantagem no jogo. A sister seria advertida pela produção do programa.

RELEMBRE AS PROVAS MAIS LONGAS DA HISTÓRIA DO BBB 20

1º lugar: Ana Clara e Kaysar, do BBB 18. Eles resistiram por 42 horas e 58 minutos de pé, em uma plataforma giratória, protegidos por um cinto de segurança. A prova garantia imunidade, e portanto uma vaga na semifinal do programa, além de um carro zero oferecido pelo patrocinador. Beirando 43 horas de jogo, o apresentador Tiago Leifert precisou encerrar a disputa e decretar empate para preservar a saúde dos competidores. O patrocinador acabou dando um carro para cada um e a produção deixou que os próprios vencedores decidissem com quem ficaria a imunidade.

2º lugar: Kelly, do BBB 12. A participante ficou 29 horas e 57 minutos dentro de um carro, sem comer nem dormir, superando a baiana Jakeline. No final, as duas se abraçaram e choraram muito.

3º lugar: Kaysar, do BBB 18. Ele é também o dono do terceiro lugar. Na prova em que os "brothers" precisavam colocar e retirar itens do porta-malas do carro, o sírio venceu após 29 horas e 48 minutos de prova. Jéssica, que disputava com ele, não apertou o botão, dando vitória a Kaysar.

4º lugar: Thelma e Mari, do BBB 20.

5º lugar: Paula, do BBB 19. Primeira participante a ganhar três provas de resistência na história do reality, a mineira venceu a disputa após passar 24 horas e 50 minutos presa pelo punho a um carro, encarando jatos de água, lama, vento e calor no campo de provas ao lado de Gabriela, que acabou desistindo. Quem decidia os desafios pelos quais os ‘brothers’ e ‘sisters’ passavam era o público.

​6º lugar: Iran e Inês, do BBB 6. O objetivo da prova era dançar sem parar, e a cada hora, os "brothers" podiam parar por cinco minutos. Nessa prova, a dupla dançou por mais de 24 horas sob sol e chuva, vencendo a competição.

7º lugar: Alberto Caubói, do BBB 7. Em uma das provas mais acirradas do programa, Diego Alemão desistiu, e a liderança ficou com o Caubói. Os dois chegaram a discutir durante a disputa, que durou 21 horas.

8º lugar: Paula, BBB 19. Ao lado de Carolina, a mineira completou 19 horas e 28 minutos de prova pela imunidade do Superparedão. A dinâmica da disputa consistia em trocar de lugar nos carros e pegar dados gigantes de acordo com a indicação do painel.

9º lugar: Emilly, do BBB 17. Em prova de resistência que durou 19 horas, os confinados da edição precisavam ficar de pé em uma plataforma e eram espremidos por duas paredes de pedra. Emilly foi a última a deixar a prova.

10º lugar: Eliéser, do BBB 10. O paranaense venceu a disputa após resistir 19 horas fantasiado de esponja, lavando pratos gigantes toda vez que uma música tocava.

11º lugar: Lia Khey, do BBB 10. Ela resistiu por 19 horas contra Elenita, com quem havia brigado dias antes. As duas ficaram encolhidas dentro de casinhas montadas no jardim, sem comer, beber, dormir e ir ao banheiro. Ao final, se abraçaram e choraram.

12º lugar: André, do BBB 13. O "brother" disputou por mais de 18 horas com Andressa sobre plataformas que giravam, subiam e desciam em uma piscina. A "sister" não aguentou, e com uma crise de choro, desistiu da competição.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem