Televisão
Descrição de chapéu Tóquio 2020

De atletas a repórteres, confira quem caiu no choro nas Olimpíadas de Tóquio

Emoção tem tomado conta das transmissões como nunca antes

Italo Ferreira chora e emociona repórter
Italo Ferreira chora e emociona repórter - Reprodução/TV Globo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Nas Olimpíadas de Tóquio, a emoção está à flor da pele não só dos atletas e do público, mas também de quem está cobrindo o evento esportivo. Diversos narradores, comentaristas e repórteres já foram às lágrimas com os altos e baixos da delegação brasileira.

A voz embargada do jornalista Guilherme Pereira durante a entrevista com o surfista Italo Ferreira, logo após o brasileiro conquistar o ouro olímpico, é um exemplo. O repórter foi elogiado nas redes sociais por não esconder a emoção e chegou a ter um vídeo explicando o assunto no Encontro (Globo).

"Claro que nós jornalistas estamos aqui para cumprir o nosso papel: levar informação", disse. "Mas, nesse caso, quando o Brasil conquista uma medalha de ouro numa Olimpíada, num momento tão especial, é difícil não ser levado por essa emoção, que contagia todo mundo que está aqui."

"Tenho uma conexão com o mar muito grande porque eu perdi meu pai, que era um cara extremamente maluco pelo mar, me levava sempre para a praia, eu gosto de surfar", explicou. "Tudo isso fez com que eu ficasse à flor da pele, mas acho que o principal foi me identificar de verdade com a história do Italo."

Ele destacou que o fato de Italo ter passado por muita dificuldade até se sagrar campeão o torna um exemplo para muitas pessoas. "Estar aqui presenciando tudo o que aconteceu, reportando isso foi um privilégio", comentou. "É impossível segurar o choro. Até pedi desculpas no fim da transmissão. Quase chorei agora de novo fazendo esse depoimento."

Além de Pereira, diversos profissionais tarimbados já foram às lágrimas durante as transmissões, além de atletas que conquistaram ou tiveram que dar adeus a seus sonhos olímpicos. Confira abaixo quem deixou a emoção fluir e esteve em alguns momentos das Olimpíadas até aqui.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem