Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Televisão

Brasileira Dayane Mello fica em 4° lugar no Big Brother italiano

Modelo foi salva de 11 paredões pelo público

Dayane Mello - Instagram/dayanemelloreal
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A brasileira Dayane Mello, finalista do Grande Fratello VIP, o Big Brother italiano, foi eliminada na noite desta segunda-feira (1°), contrariando todas as expectativas por ser querida pelo público do reality. Ela ficou em quarto lugar ao perder a disputa para Pierpaolo.

Dayane teve que escolher quem gostaria de enfrentar no desafio votação e chamou Pierpaolo: “Porque ele é meu amigo, eu o amo”. Ele venceu a disputa e foi classificado para grande final, ficando sem palavras para comentar.

Antes de ser eliminada, a modelo viveu um dos momentos mais emocionantes do programa que foi o reencontro com a filha Sofia. A criança, que estava acompanhada do avô Attilio, abraça a mãe no palco. "Senti tanto a tua falta, nunca mais nos deixaremos", disse a menina.

A participação de Dayane Mello no Grande Fratello VIP gerou grande repercussão. A brasileira foi indicada a 11 paredões, e conseguiu se salvar. No fim de janeiro, ela foi escolhida pelo público para ir direto à final.

No reality, a brasileira se declarou bissexual e afirmou estar apaixonada por Rosalinda, sua colega de confinamento no reality. "Amor é sempre amor", disse.

Após a revelação, que aconteceu durante o programa ao vivo no dia 22 de fevereiro, ela foi acusada de fingir a situação por Stefania, outra participante da disputa. "É tudo falsidade", disse.

Mello, porém, acabou colocando Rosalinda no Paredão. Isso porque, ela e os outros dois finalistas do reality (Pierpaolo e Tommaso) precisavam escolher uma dupla para ir à berlinda. A brasileira preferiu salvar Samantha, sua grande amiga dentro da casa, já que Rosalinda estava em dupla com Stefania, uma das suas grandes rivais no programa.

A passagem pelo reality não foi nada fácil para a modelo que chegou a ser acusada pelos demais concorrentes de ser manipuladora, além de ter feito comentários considerados gordofóbicos. Por outro lado, já sofreu com comentários xenofóbicos e machistas no programa e nas redes sociais.

Ao longo da competição ela passou a receber o apoio da torcida brasileira, que organizou mutirões para votar pela permanência dela —o que irritou parte do público italiano. Como forma de vingança, telespectadores do Gran Fratello VIP se organizam nas redes para eliminar Gilberto, no Big Brother Brasil 21.

Recentemente, Dayane Mello perdeu seu irmão durante o confinamento, mas optou por continuar no programa.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem