Televisão

Filho do criador de 'Chaves' anuncia saída da Televisa

Roberto Gómez Fernández e emissora mexicana estão em conflito por direitos do programa

Roberto Gómes Bolaños, criador e protagonista da série mexicana "Chaves" - Divulgação
São Paulo

Roberto Gómez Fernández, filho de Roberto Gómez Bolaños (1929-2014), o criador de "Chaves" e "Chapolin", anunciou nesta terça (15) a sua saída da Televisa. Em comunicado publicado nas redes sociais, ele diz que foi uma decisão muito difícil, porque trabalhava na rede de televisão mexicana desde os 17 anos.

Fernández e a Televisa estão em conflito por causa dos direitos de "Chaves". Desde o dia 1º de agosto, o programa humorístico foi tirado do ar de todos os canais em que era exibido. Após 36 anos no SBT, a notícia que a série não seria mais transmitida pela emissora de Silvio Santos causou grande repercussão entre os brasileiros. O canal Multishow, que exibiu a atração por dois anos, também foi afetado pela decisão.

"Por este meio, quero comunicar que, depois de uma longa e extraordinária história, a partir de hoje deixo de fazer parte da Televisa. Foi uma decisão muito difícil, por tudo que representou na minha vida", escreveu Fernández no Twitter. Por 39 anos, ele trabalhou na emissora mexicana como diretor e produtor.

DIREITOS

O ator Edgar Vivar, intérprete do seu Barriga em "Chaves", disse em entrevista a uma rádio mexicana no início de agosto que Roberto Gómez Bolaños tinha um acordo com a Televisa de que a emissora mexicana, que produziu os programas, só teria os direitos de usar os personagens e sua criação literária até 31 de julho de 2020.

"Não renovaram esses direitos, a Televisa não quis pagar. Não chegaram a um acordo [a Televisa e o Grupo Chespirito]", disse Vivar. O ator afirmou, ainda, que todos os direitos dos programas voltaram para os herdeiros de Bolaños, um deles, Roberto Gómez Fernandez. "Que visão e inteligência de Roberto [Bolaños] em pôr prazo nisso", afirmou Vivar sobre o colega, morto há quase seis anos.

O ator disse ainda que considera toda essa situação positiva. "Isso é bom porque vai dar a oportunidade para negociar um acordo que já deu muito lucro para a Televisa, milhões de dólares. Nós, do elenco, não vimos grande parte dessa grana."

Vivar diz acreditar que a Televisa tenha prioridade em uma negociação com o Grupo Chespitiro, mas que não há mais exclusividade como antes. "Qualquer canal pode comprar os direitos agora", diz.

"El Chavo del Ocho", nome original da série "Chaves", foi exibido pela primeira vez em 20 de junho de 1971, no México. A série mostra a rotina e a interação de um grupo de pessoas em uma pequena vila, na qual o protagonista que dá nome a série, interpretado por Bolaños, vive em um barril. O humorístico se popularizou pelos bordões repetidos por seus personagens caricatos, como "ninguém tem paciência comigo" e "foi sem querer querendo". Já "Chapolin", exibida originalmente até 1979, parodiava programas americanos de heróis.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem