Televisão

A Fazenda deve ter estreia antecipada para agosto na Record

Emissora não confirma, mas pode apostar na flexibilização da quarentena

O apresentador Marcos Mion - Edu Moraes/Record TV
São Paulo

Em meio a produções paradas durante a quarentena por causa da crise do coronavírus, o reality A Fazenda terá sua estreia antecipada.

O reality apresentado por Marcos Mion, que começaria em setembro, pode começar a ser exibido para agosto, um mês antes, segundo informa a colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia.

A decisão da emissora teria sido feita a partir do anúncio do governador do estado de São Paulo João Dória sobre a liberação parcial da quarentena a partir de 10 de maio.

Procurada, a Record não confirmou a informação e disse que a A Fazenda ainda não tem data de estreia.

O ex-BBB Felipe Prior foi citado entre os possíveis convidados para o reality da Record. Durante uma live que fez no Instagram, ele respondeu à questão a internautas: "Se tivesse uma proposta boa, eu entraria. Agora vocês me digam: acham que eu venceria?"

Prior está sendo acusado de estupro e nega os crimes, que teriam sido praticados entre 2014 e 2018. Por meio de um novo vídeo, ao qual o F5 teve acesso, a advogada do ex-BBB 20 afirma que "Felipe Prior é inocente e jamais cometeu qualquer violência sexual". A profissional diz que as denúncias apresentadas contra ele são anônimas, e ressalta que até agora ninguém revelou os nomes das supostas vítimas.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem