Televisão

Bruno Gagliasso não renova com a Globo após 18 anos e diz que quer liberdade: 'Tudo muda'

O último trabalho do ator foi na novela 'O Sétimo Guardião'

Bruno Gagliasso como Gabriel em cena de "O Sétimo Guardião"
Gabriel (Bruno Gagliasso) em cena de "O Sétimo Guardião" - Divulgação/ TV Globo
São Paulo

Bruno Gagliasso, 37, não renovou o seu contrato com a Globo após 18 anos de casa. A informação foi confirmada nesta quinta-feira (7), pela emissora e assessoria de imprensa do artista.

A Globo informou que houve uma mudança na relação de trabalho. "Quando o ator foi renovar, preferiu fazer os próximos trabalhos por obra, uma decisão em comum acordo com a empresa." 

A assessoria de Gagliasso afirmou que o desligamento foi um desejo do ator de "ter maior liberdade artística". "A decisão foi consensual e amigável, com os dois lados felizes - a ator ressalta que é grato por todos os anos de contrato e por todo o seu amadurecimento como ator na Rede Globo."

Assim que a notícia foi divulgada, Bruno Gagliasso publicou uma declaração em seu perfil em uma rede social para explicar os motivos de sua decisão de não renovar com a emissora. "Tudo muda. A gente muda. O tempo muda. Nossas relações mudam. Mas o afeto, esse é permanente. Há 18 anos vocês me acompanham em séries e novelas da TV Globo e juntos fomos construindo uma bela história que agora ganha um novo capítulo."

O ator também disse que sua relação com a emissora "sempre foi muito franca e madura e não seria diferente neste momento", escreveu. "A empresa me acolheu, ouviu minhas ideias e decisões, e assim compreendemos este novo tempo."

A esposa do ator, Giovanna Ewbank, 33, demonstrou apoio através de comentário na publicação do companheiro. "Orgullho de você meu amor! Como ser humano e profissional... ter gratidão é essencial! Voa meu amor!", escreveu a apresentadora que tem mais de 3 milhões de inscritos em seu canal do YouTube, Gioh.

O último trabalho de Gagliasso como contratado da emissora foi na novela "O Sétimo Guardião", exibida até maio deste ano. O artista atuou em tramas de grande sucesso na televisão como " A Casa das Sete Mulheres" (2003); "Sinhá Moça" (2006); "Caminho das índias" (2009); "Cordel Encantado" (2011), entre outros títulos.
 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem