Televisão

Após suposto estupro, Daniel é expulso do "BBB12", diz jornal

O modelo Daniel Echaniz, 31, foi expulso do "BBB12" após ter supostamente estuprado a estudante Monique Amin, de acordo com o blog da jornalista Patrícia Kogut, do jornal "O Globo".

"Como fui me meter numa coisa tão baixa", diz ex-BBB
Mesmo com polêmicas, audiência do "BBB12" é a pior da história
Monique é chamada pela produção do "BBB12" e desaparece novamente

Na madrugada de sábado para domingo (15), Daniel e Monique dormiram na mesma cama e foi possível observar uma movimentação intensa do modelo enquanto a estudante pouco se mexia.

Com a hashtag #danielexpulso, centenas de pessoas pediam a saída do participante pelo Twitter, acusando o modelo de ter feito sexo com Monique enquanto ela dormia.

Nesta segunda, a participante Monique foi chamada ao confessionário para esclarecer pela segunda vez - ela já havia feito isso poucas horas depois do ocorrido - o que aconteceu entre ela e Daniel.

Poucos minutos depois do retorno de Monique, todos os participantes foram chamados para dentro da casa e recolheram algumas roupas do armário e colocaram em uma mala.

Os participantes escutaram com apreensão as ordens da produção, mas quando o áudio da casa foi aberto não se ouviu comentário sobre a saída de Daniel.

Segundo a jornalista, a decisão foi tomada pela direção depois que a Polícia Civil esteve no Projac para investigar o caso.

A eliminação de Daniel deve ser anunciada ainda nesta noite.

Crédito: Frederico Rozário/TV Globo Daniel foi eliminado do programa
Daniel foi eliminado do programa

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias