Nerdices

'Cyberpunk 2077', com Keanu Reeves, tem lançamento forte apesar de bugs

O game, que levou oito anos para ser desenvolvido, foi lançado após 3 adiamentos

Keanu Reeves é Johnny Silverhand em 'Cyberpunk 2077'
Keanu Reeves é Johnny Silverhand em 'Cyberpunk 2077' - Divulgação
Anna Pruchnicka
Reuters

O aguardado game "Cyberpunk 2077", da CD Projekt, atraiu grande interesse em seu lançamento nesta quinta-feira (10). Alguns jogadores, no entanto, se queixaram de problemas técnicos, ou bugs, com o mais recente título da desenvolvedora polonesa.

O jogo, que levou oito anos para ser desenvolvido, se passa em uma complexa cidade futurística, onde os jogadores assumem o papel de um mercenário fora da lei personalizável conhecido como V. Entre os personagens, há ainda um inspirado no astro do cinema Keanu Reeves, 56.

O lançamento ocorre após ser adiado três vezes, em um momento em que a pandemia de Covid-19 elevou a demanda por jogos, mas novos títulos estão em falta, já que os desenvolvedores têm dificuldades em cumprir os prazos em trabalho remoto.

O presidente-executivo da CD Projekt, Adam Kicinski, disse a repórteres que, embora a empresa preferisse ter menos bugs no jogo, não considerou adiar o lançamento pela quarta vez. Lyra Li, analista da Jefferies, estima que 'Cyberpunk', que custa US$ 59,99 (mais de R$ 300) em sua versão básica, pode vender 33 milhões de unidades até o final de 2021.

"Cyberpunk 2077" é o maior jogo da CD Projekt desde o lançamento de "The Witcher 3: Wild Hunt" em 2015. O sucesso de Witcher fez da CD Projekt uma das maiores empresas listadas da Polônia, com valor de mercado de US$ 10,8 bilhões (quase R$ 55 bilhões).

'Cyberpunk' está disponível para computadores e para os consoles PlayStation 4 da Sony e Xbox One da Microsoft, e será lançado para a próxima geração de videogames em 2021.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem