Nerdices

Música de Lizzo é retirada de videogame após letra ser considerada racista

'Rock Band 4' excluiu a música 'Juice' de seu catálogo 48h após integrá-la

Lizzo venceu o prêmio de Melhor Performance de Pop Solo e Melhor Performance de R&B no 62º Grammy
Lizzo venceu o prêmio de Melhor Performance de Pop Solo e Melhor Performance de R&B no 62º Grammy - Amanda Edwards - 27.01.20/Getty Images/AFP
São Paulo

O jogo musical "Rock Band 4" retirou de sua base de dados a música "Juice", da cantora Lizzo, 48 horas após lançar a canção dentro do game.

"’Juice’ está sendo retirada da loja e lançaremos uma versão atualizada o mais rápido possível, provavelmente no final da próxima semana. Desculpas por qualquer inconveniente", declarou o perfil oficial do game no Twitter.

Segundo o site NME, a música incentivaria os fãs a cantarem uma ofensa racial, especialmente porque é preciso tocar um trecho considerado ofensivo para conseguir a pontuação máxima. "O suco não vale a pena se não for assim. Espere, nigga, por favor. Não me faça ter que agarrar essa vadia" [sic], diz o verso.

Palavras como "nigga" e "nigger" são considerados racistas na língua inglesa por remeterem aos tempos da escravidão.

"Rock Band" é um videogame de música que surgiu em 2007 como concorrente do "Guitar Hero". Recentemente ele anunciou novidades como a música "Bad Decisions", lançada recentemente pelos Strokes, "Girls Like You", do Maroon 5, e "Juice", uma das faixas mais populares de Lizzo.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem