Nerdices

'Free Fire' ganha Liga Brasileira e anuncia que final de campeonato mundial será no Brasil

Garena também lança app para comunidade gamer criar, descobrir e compartilhar livestreams

Liga Brasileira de 'Free Fire' terá partidas nos Estúdios Quanta, em São Paulo.
Liga Brasileira de 'Free Fire' terá partidas nos Estúdios Quanta, em São Paulo - Divulgação
São Paulo

A produtora de jogos Garena anunciou nesta sexta-feira (24) a chegada da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF). Com direito ao maior estúdio de transmissão de eSports da América Latina, a LBFF será dividida entre Séries A, B e C.

De acordo com a produtora, a Série A possuirá partidas semanais presenciais no complexo dos Estúdios Quanta, em São Paulo. Ela será composta por 12 times: B4, Black Dragons, Corinthians, Furia, INTZ, LOUD, paiN Gaming, PRG, Red Canids, SKS, Team Liquid e Vivo Keyd.

A série B será formada futuramente por times que caírem da Série A ou subirem da série –C esta última, que será composta por centenas de times de entrada. "Este é apenas o começo e, com este estúdio, vamos poder elevar a qualidade dos conteúdos de eSports criados no Brasil", diz Fernando Mazza, head de operações da Garena.

Além do anúncio da LBFF, foram estabelecidas algumas competições do calendário de 2020. A Garena anunciou que a final do próximo "Free Fire World Series" acontecerá no Brasil, em novembro. O evento também aconteceu no Brasil no ano passado, tendo esta sido sua primeira vez no país. Na ocasião, a equipe brasileira do Corinthians foi campeã.

Um último anúncio feito pela produtora foi sobre um novo aplicativo, denominado "Booyah!", que acompanhará o app original do game. Com ele, a comunidade gamer poderá "criar, descobrir e compartilhar livestreams e vídeos relacionados ao jogo, além de se divertir com seus amigos, streamers e outros fãs".

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem