Nerdices

A referência gamer por trás da comemoração de Neymar no gol do Brasil contra o México

Diferente do imaginado, gesto não imitava o Kiko de 'Chaves'

Neymar e os jogadores William, Gabriel Jesus, Coutinho e Paulinho na comemoração do primeiro gol do Brasil contra o México
Neymar e os jogadores William, Gabriel Jesus, Coutinho e Paulinho na comemoração do primeiro gol do Brasil contra o México - Xinhua/Li Ga

São Paulo

Poderia ser uma homenagem ao Kiko, o personagem chorão do seriado mexicano "Chaves", mas a comemoração de Neymar do primeiro gol do Brasil na vitória por 2 a 0 sobre o México faz referência ao Counter-Strike: Global Offensive, jogo de videogame favorito dos integrantes da seleção brasileira.

Após marcar o gol, Neymar formou uma roda com os companheiros e simulou o lançamento de uma "flashbang" ou flashes, granadas de luz e som que deixam os oponentes atordoados no game.

Willian, Gabriel Jesus, Philippe Coutinho, Casemiro e o próprio camisa 10 levaram a mão ao rosto para cobrir os olhos, movimento que os personagens dos games fazem para se proteger da granada.

Nas redes sociais, internautas chegaram a relacionar o gesto ao seriado mexicano, mas o craque do PSG afirmou que se tratava de uma referência ao Counter-Strike. "Era CS, CS", disse o jogador à Gazeta do Povo quando deixava o gramado da Arena Samara, onde o Brasil disputou as oitavas de final.

O atacante Gabriel Jesus também negou ser uma provação aos mexicanos. "É um jogo que a gente gosta. Se vocês prestarem atenção, Neymar joga e todo o mundo faz o gesto", disse à imprensa.

Um dos principais jogadores profissionais do game, Gabriel Toledo usou o microblog para reverenciar o brasileiro: "Neymar é God [Deus] demais".

Print de tela do jogo Counter Strike mostra personagem se protegendo de uma flashbang
Print de tela do jogo Counter Strike mostra personagem se protegendo de uma flashbang - Reprodução/PCGamesN

Counter-Strike é um fps, sigla em inglês para "first person shooter" (atirador em primeira pessoa), em que equipes de terroristas e agentes de segurança batalham entre si. Lançado em 1999 para computador, a versão mais recente é o Global Offensive, de 2012.

A página oficial do CS: GO no microblog compartilhou o GIF dos jogadores comemorando. "Não se esqueça de usar seus flashes", escreveram na legenda, mencionando o craque.

Dias antes de embarcarem para Rússia, os jogadores compartilharam vídeo no Insta Stories (ferramenta de compartilhamento de imagens que desaparecem em 24 horas) em que disputam partida com personagens do game.

Essa não é a primeira vez que Neymar faz referência ao jogo ao comemorar um gol. Nas eliminatórias para a Copa da Rússia no ano passado, o atacante fez o mesmo gesto. Na ocasião, a seleção brasileira goleou o Uruguai por 4 a 1. Já na partida contra o Paraguai, também pelas eliminatórias, ele usou a bandeira de escanteio como uma arma. O gol foi anulado, mas a seleção brasileira venceu por 3 a 0.

Fã assumido de e-sports, Neymar tem uma sala de jogos eletrônicos em sua casa em Mangaratiba, região metropolitana do Rio, aonde leva amigos para jogar. Em 2016, ele convidou Gabriel Toledo para algumas partidas. Antes de embarcar para Londres, onde a seleção fez sua preparação para Copa, Neymar assistiu a partida entre as equipes brasileiras Fúria eSports e Yeah! Gaming, válida para o torneiro internacional Faceit Major 2018, que será realizado em setembro. 

Na sexta-feira (6), às 15h (horário de Brasília), o Brasil enfrenta a Bélgica, pelas quartas de final da Copa, na Arena Kazan. Preparem as granadas.​

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem