Música

Leonardo e Eduardo Costa se beijam em live e contrariam regras de distanciamento

Artistas fazem live Cabaré no YouTube

Eduardo Costa e Leonardo se abraçam e se beijam em live
Eduardo Costa e Leonardo se abraçam e se beijam em live - Reprodução
São Paulo

Apesar das recomendações da Organização Mundial da Saúde de não fazer aglomerações, evitar beijos e abraços, os cantores Eduardo Costa e Leonardo parecem ter se esquecido disso logo na primeira música da live Cabaré, na noite desta sexta-feira (1).

Logo de cara Eduardo foi para cima de Leonardo, o beijou duas vezes, beijou a mão dele e o abraçou. Leonardo até disse que seria bom evitar contato físico, mas o que se viu nas músicas seguintes foi o contrário.

A cada música os amigos pareciam se esquecer de que estavam fazendo um show por live justamente por não poderem se reunir em grupo.

Eduardo até lembrou do coronavírus quando uma assistente de palco entrou no ar para entregar uma toalha para Leonardo. “Olá, não quer me passar coronavírus? Estou querendo pegar”, disse.

Até então, muitos clássicos foram cantados, tanto dos dois quanto de outros artistas como Amado Batista.

Em determinado momento, a política entrou em pauta. Eduardo Costa se ajoelhou e pediu perdão por ter magoado alguém no momento em que se mostrou fervoroso por política.

Em 2018, Costa, que declarou apoio ao presidente eleito, Jair Bolsonaro, havia atacado a apresentadora Fernanda Lima após um discurso dela na abertura do programa Amor e Sexo (Globo): “Mais de 60 milhões de brasileiros e brasileiras votaram em Jair Bolsonaro e, agora, vem essa imbecil com esse discurso esquerdista”, disse ele no Instagram.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem