Música

BTS vai liberar oito shows em canal no YouTube após ter apresentações canceladas por pandemia

Grupo de k-pop teve shows cancelados nos EUA e no Canadá

BTS durante apresentação em Los Angeles em dezembro de 2019
BTS durante apresentação em Los Angeles em dezembro de 2019 - Frederic J. Brown/AFP
São Paulo

O BTS, mais popular grupo de k-pop da atualidade, anunciou que liberará alguns de seus shows em seu canal no YouTube. A novidade acontece em meio a esforços de vários artistas para se manterem engajados com os fãs durante a pandemia do novo coronavírus.

O grupo sul-coreano cancelou várias apresentações por causa da doença e, por isso, resolveu então disponibilizar algumas apresentações antigas para os fãs. Intitulada Bang Bang Con, a maratona acontecerá no fim de semana dos dias 18 e 19 de abril, sempre a partir do meio-dia, no horário da Coreia do Sul (meia-noite dos dias 17 e 18, no horário de Brasília).

Segundo anunciado pelo grupo nas redes sociais, serão transmitidos no primeiro dia shows de 2014, 2015 e dois de 2016. Já no dia 19, serão duas apresentações de 2017 e outras duas de 2018. Todos esses shows estavam disponíveis para compra, mas serão agora disponibilizados gratuitamente.

O BTS tinha na agenda diversas apresentações nos Estados Unidos e no Canadá nos meses de abril e maio, que foram adiados devido à pandemia. Ainda não há informações sobre novas datas. Em junho, os shows do grupo estarão concentrados nos Estados Unidos e no Japão.

Criado em 2013, o BTS, sigla para Bangtan Boys, é formado por Jin, Suga, J-Hope, Rap Monster, Jimin, V e Jungkook. A base de fãs brasileiros teve importante papel no crescimento da carreira do grupo k-pop, que se destacou na fábrica de ídolos sul-coreana justamente pelo reconhecimento internacional.

O BTS esteve no Brasil em maio do ano passado como parte da turnê "Love Yourself: Speak Yourself". Cerca de 40 mil fãs estiveram presentes na apresentação, que teve ingressos esgotados. O grupo já tinha vindo ao Brasil em 2017, quando vendeu os 15 mil ingressos das duas apresentações em questão de horas.

Com muitos fãs pelo Brasil, o BTS recebeu uma homenagem inusitada, com anúncios no metrô de São Paulo para comemorar o aniversário de Jungkook, integrante mais novo da boyband. As armys (nome dado às fãs do BTS) planejaram homenagens em diversos países, como EUA, Japão e Coreia do Sul.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem