Música

Rita Ora se prepara para vir ao Brasil e faz elogios a Anitta e Pabllo Vittar

Com shows em Curitiba e no Lollapalooza, cantora ainda quer conhecer Rio e Salvador

Rita Ora Phil Poynter/Divulgação

São Paulo

​​Faltam dois meses para Rita Ora desembarcar no Brasil, mas suas expectativas estão altas desde já. A cantora de 29 anos, que se apresentará no palco do festival Lollapalooza em São Paulo, no início de abril, quer se conectar com os fãs brasileiros em um show que mesclará hits novos e mais antigos, como os que fizeram parte da trilha sonora dos filmes "Cinquenta Tons de Cinza".

“Como artista, eu sinto que é muito importante levar energia a todos os shows e dar o melhor desempenho que eu posso. O principal é que os fãs se divirtam, mas eu também mal posso esperar”, afirma a artista em entrevista ao F5.

A cantora se apresentará no primeiro dia do festival, 3 de abril, junto a nomes como Guns n'Roses, Cage the Elephant e Lana del Rey –essa última, uma de suas maiores ídolas, assim como a britânica Charli XCX, que se apresenta no último dia do Lollapalooza Brasil. “Mal posso esperar para dividir essa experiência com elas”, diz Ora. 

A lista de referências da cantora também inclui nomes brasileiros, como Anitta –com quem ela diz ter orgulho de ter lançado uma música em 2019, junto a Sofia Reyes– e Pabllo Vittar, quem ela diz acreditar estar fazendo um “trabalho incrível” neste momento. Se depender dela, as duas ainda irão a estúdio juntas para uma parceria musical.

Oportunidade não faltará, uma vez que, além do festival, Rita Ora fará um show em Curitiba (em 2/4) como parte de sua turnê "Phoenix", que passará por outros 13 países. Ela ainda revela que gostaria de ter a oportunidade de conhecer outras cidades brasileiras, especialmente o Rio de Janeiro e Salvador. A ideia seria explorá-las nos dias livres de shows, mas, independentemente da cidade, o mais importante para a cantora é intensificar sua relação com os fãs brasileiros. 

“Honestamente, eles são tão incríveis. Eu sempre tento manter contato com meus fãs o máximo que posso, seja pelas mídias sociais ou nos shows. É importante garantir que os fãs saibam o quanto sou grata por seu apoio e amor contínuos. Eu não seria nada sem eles.”

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem