Música

Jay-Z se torna o primeiro artista de hip-hop bilionário da história, diz revista

Cantor acumula fortuna em diversas áreas fora da música

Com renda além do mundo da música, Jay-Z é o primeiro rapper bilionário do mundo
Com renda além do mundo da música, Jay-Z é o primeiro rapper bilionário do mundo - REUTERS
São Paulo

A vida de Jay-Z, 49, parece ir muito bem. Além de uma carreira consolidada no mundo da música, o rapper que é casado com a também cantora Beyoncé, 37, foi considerado pela revista Forbes como o primeiro artista de hip-hop a se tornar bilionário.

De acordo com a publicação desta segunda-feira (3), Jay-Z acumula fortuna em diversas outras áreas, além do mundo da música, que fazem com que seu patrimônio acumulado ultrapasse o valor de US$ 1 bilhão (aproximadamente R$ 3,9 bilhão).

Aos 49 anos, o cantor, que se chama Shawn Carter, é detentor de um império diverso. Além do dinheiro que recebe a partir de sua carreira, com shows, venda de álbuns e a plataforma de streaming Tidal, ele possui partes em negócios de bebidas, como a marca Bacardí. 

Se engana quem pensa que para por aí. Jay-Z também investe em ter participações nos lucros de empresas como o Uber, onde tem um lucro de aproximadamente US$ 70 milhões (aproximadamente R$ 272 milhões). Fora isso, o rapper também investe em imóveis e obras de arte.

Já em 2018, já era sabido que o rapper era o artista de hip-hop mais rico do planeta, com fortuna avaliada em US$ 900 milhões (aproximadamente R$ 3,5 bilhões), mas ele superou sua própria marca.

O último álbum de estúdio lançado por ele foi ao lado de sua mulher, Beyoncé, no álbum "Everything Is Love", que chegou no início do segundo semestre de 2018. O material já está todo disponível nas plataformas digitais.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem