Música

Alok faz show sob chuva na Festa do Peão de Barretos e fala sobre projetos com Anitta e Iro

DJ se apresentou na tradicional Festa de Barretos pela segunda vez

Alok em apresentação durante Festa de Barretos
Alok em apresentação durante Festa de Barretos - Bruno Revolta
Fernanda Pereira Neves
Barretos

Famosa pelos shows sertanejos, a Festa do Peão de Barretos (a 423 km de São Paulo) recebeu ares diferentes na noite desta sexta-feira (24), com a presença do DJ Alok, que apresentou suas batidas eletrônicas sob chuva. 

O brasileiro, que já havia participado do festival há dois anos, tocou sucessos próprios, como “Hear Me Now” e “Ocean”, além de muitos outros, como  “Titanium”, de David Guett,  “My Life”, de Bon Jovi,  e até  “Não Quero Dinheiro, Só Quero Amar”, de Tim Maia, na voz de Tiago Abravanel. 

"Tenho sido um artista cada vez menos seguimentado no Brasil. Toco muito mais em eventos populares do que em eventos eletrônicos. Acho que essa liberdade que eu tenho de divulgar a minha arte sem paradigmas, sem barreiras é o que me deixa livre e leve para poder voar da forma que quero", disse ele. 

Algumas semanas após o lançamento da música "Favela", com a cantora norueguesa Ina Wroldsen, Alok diz que a temporada de novas músicas está apenas no começo. "Será praticamente uma por mês até o final do ano", adianta o DJ brasileiro. 

Entre os lançamentos previstos estão parcerias com Iro, com quem Alok já produziu "Ocean", Calum Scott e Gavin James. Além disso, ele afirma ter projetos voltados mais expecificamente ao público brasileiro, com Anitta e Luan Santana, que devem ser gravados ainda neste ano. 

DA COMÉDIA AO BLUES

Ainda fugindo dos grandes sucessos sertanejos, o ator Nelson Freitas, 56, que esteve recentemente em "O Tempo Não Para" (Globo), se apresentou com a banda Big Time Orchestra, no camarote da Brahma, também na Festa do Peão de Barretos. 

A parceria iniciada neste ano fez do evento um teste para ver a aceitação do público, conta o comediante. No repertório apresentado na noite desta sexta, o grupo tocou músicas como "UpTown Funk", de Bruno Mars; "Twist and Shout", dos Beatles, e "Superstition", de Stevie Wonder. 

Freitas, que já havia estado na festa há alguns anos, mas para participar de um futebol beneficente, conta que começou o "namoro" com a banda há cerca de cinco anos, mas apenas neste ano eles conseguiram iniciar a parceria, que deverá sair em turnê em 2019. 

"É uma alternativa dentro do sertanejo, da música caipira. São clássicos do jazz, do blues, do R&B. Eu tenho essa multiplicidade, sou um artista que canta, interpreta, chupa cana e assobia", afirmou ele antes de subir ao palco. 

A jornalista viajou a convite da organização do evento. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias