Música

'O funk tem tudo para conquistar o mundo', diz DJ do Tropkillaz

Dupla lançar clipe em parceria com Major Lazer, Kevinho e Busy Signal

Bastidores da gravação do clipe de "Loko"
Bastidores da gravação do clipe de "Loko" - Jacques Dequeker/Divulgação

São Paulo

A dupla de música eletrônica Tropkillaz lançou, na última quarta-feira (6), o clipe de "Loko", parceria inusitada feita com Major Lazer, o funkeiro Kevinho e o jamaicano Busy  Signal, e que resultou em uma combinação musical de funk e reggaeton.

Em entrevista ao F5, André Laudz e Zé Gonzales —o DJ Zegon—, do Tropkillaz, disseram que a ideia para a parceria surgiu de forma espontânea. Depois que fizeram a batida da canção, mostraram para Diplo, que convidou Busy Signal para gravar os vocais. Logo em seguida, foi a vez de Kevinho acrescentar sua parte.

O resultado foi uma canção que mistura ritmos brasileiros e jamaicanos. Da mesma forma, o clipe que acompanha a música é cheio de cores vibrantes, que representam os dois países.

"Mas não foi uma coisa pensada para a Copa não, e sim nas culturas do Brasil e da Jamaica", diz Zegon ao ser questionado sobre a proximidade do lançamento do vídeo e do começo do Mundo.

"Nós gostamos muito de misturar batidas tropicais do Brasil, da América Latina e da Jamaica com o hip hop, que é o nosso background. Em 'Loko', nos inspiramos em um clássico do reggae, chamado 'Punanny Riddim', para criar a música", explica Laudz.

Para a dupla, um dos fatores que aproxima os dois países é o potencial de seus gêneros musicais. "Acho que o funk tem tudo para conquistar o mundo, assim como foi com o reggaeton", afirmam.

"É um estilo que está rompendo barreiras, ganhando cada vez mais espaço e força. Muita gente de fora nos procura para compor a batida. Alguns já estão sendo internacionalizados, mas não duvido de que daqui a pouco estaremos vendo as pessoas escutarem e dançarem funk no mundo todo."

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem