Você viu?

Mais de 150 pessoas já desapareceram misteriosamente de navios

No último dia à bordo de um cruzeiro pelo Egito, o inglês John Haforld fez sua mala e mandou uma mensagem de texto para sua mulher, dizendo que eles se veriam no aeroporto no dia seguinte.

O encontro nunca aconteceu. Depois da mensagem, Harfold saiu para jantar, foi visto por outros passageiros tomando drinques do bar do deck e desapareceu, informou uma reportagem publicada pelo jornal "Daily Mail".

Seu caso não é isolado. Segundo a Associação de Vítimas em Cruseiros Internacionais, 165 pessoas desapareceram em navios desde 1995, pelo menos 13 em 2011.

Crédito: Soren Andersson/France Presse 165 pessoas já desapareceram em navios
165 pessoas já desapareceram em navios

Câmeras de segurança dos navios e investigadores não sabem dizer se trata-se de uma onde de crimes, se os passageiros escorregaram e caíram no mar ou decidiram tirar a própria vida.

Segundo Ruth Haforld, ela chegou a pensar que seu marido tivesse ficado em algum dos portos que o navio atracou, mas isso seria impossível, já que a equipe no navio realiza uma verificação.

Ruth disse ainda que o marido não estava deprimido e em sua bagagem foram encontrados presentes para ela e para as filhas, afastando a hipótese de suicídio.

Caso parecido aconteceu com a jovem Rebecca Coriam, 24, que foi trabalhar em um cruzeiro da Disney em março, que desapareceu entre o México e Los Angeles.

Um único policial nas Bahamas está investigando o caso.

Rebecca foi vista pela última vez às 5h45 por um colega que a descreveu como chateada.

Ela foi vista pelas câmeras de segurança em direção a seu quarto e desde então, não houve mais notícias de Rebecca. Seu cartão de crédito também sumiu, mas não há registro de gastos.

Para seu tio, John Jennings, algum ruim aconteceu com ela. "Pessoalmente, eu acho que alguém fez algo ruim com Becky. O policial que foi à bordo disse que não havia sinais de algo assim, mas eu não concordo. A hipótese é de ela ter se suicidado, mas ela não estava deprimida. Ela até comprou ingressos para a Disney em Paris para fazer uma surpresa para seu pai e irmã."

Na maioria dos casos, os passageiros desapareceram em noites escuras, em alto mar.

O que aconteceu com eles são mistérios improváveis de serem resolvidos.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias