Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

SPFW

Luciano Szafir desfila com bolsa de colostomia à mostra no SPFW após Covid

Ator e empresário diz que cirurgia abdominal salvou sua vida

Luciano Szafir durante desfile no SPFW - Carla Carniel/ Reuters
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Luciano Szafir, 52, não é um novato nas passarelas, mas estava com ansiedade de "new face" (novato) nos bastidores da São Paulo Fashion Week nesta quinta-feira (18). Ele foi uma das estrelas do desfile de Walério Araújo, o primeiro do ator e empresário desde que quase perdeu a vida por complicações da Covid.

"É uma alegria muito grande", comenta ao F5 o ex-modelo. "É um momento de relembrar o que passou, é uma coisa que faz parte da minha vida, me ensinou muita coisa, me trouxe muita coisa positiva."

Porém, relembrar os velhos tempos não foi o único motivo que o fez aceitar o convite. "[Estou] abraçando a causa dos estomizados, dos que passaram por colostomia, para falar que a minha estomia não me define, você pode fazer todas as coisas que você fazia antes", contou. "O Walério está de parabéns por abraçar a causa também e convidar o tiozão da passarela [risos]."

Szafir diz que está grato à cirurgia abdominal, que salvou sua vida, mas que ainda não se recuperou plenamente. "Não estou 100%, eu ainda tenho algumas sequelas do Covid, mas isso é normal", afirmou. "Na hora, é que nem teatro, você esquece tudo. Pode estar com febre, com dor, mas na passarela vem aquela adrenalina."

O ex-marido de Xuxa, 58, diz que ainda sente dores na perna. "Eu passei por bastante coisa, foram 35 dias internado. Tem bastante coisa, mas é normal", conta. "[Faço] fisioterapia todo dia, vivo um dia de cada vez. É não querer se comparar às coisas que eu tinha possibilidade de fazer antes. O importante é que estou vivo, o resto está tudo certo."

Ter passado pela doença fez com que ele abraçasse projetos voltados a quem também vive com sequelas. "Tem gente que perdeu a audição, visão, tem gente perdeu a perna… E tem os enlutados, que a gente também precisa assistir, porque quem perde alguém também precisa de uma assistência. Tem tanta coisa a se fazer pelas pessoas que sofreram as consequências e as mortes dessa doença."

Para acompanhá-lo no desfile, compareceram diversos familiares, como a mãe Beth Szafir e a filha, Sasha, que também desfila na sexta-feira (19). Inclusive, ator e empresário diz que estará na primeira fila do desfile da grife Misci.

"Vou estar berrando: ‘Filha!’", brinca Szafir. "Tem que pagar mico com o pai que tem, eu berro mesmo [risos].

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem