Diversão

Cidades paulistas, gaúchas e mineiras são opções para viagem no inverno

Estação mais fria começa com opções de gastronomia e passeios

Crianças andam de trenzinho em Canoas (RS)
Passeio de trem diverte crianças em Canela (RS) - Divulgação

Leandro Vieira
São Paulo

O inverno começou dia 21 de junho no Brasil e, com ele, vem o frio. Para quem está disposto a encarar as temperaturas baixas, algumas cidades são conhecidas por aproveitar essa estação para oferecer experiências incríveis aos seus visitantes.

A região Sul é uma delas. Canela e Bento Gonçalves são dois dos destinos famosos por acolher turistas no inverno. “Já fui a Canela durante o mês de julho em duas oportunidades. Tudo começa pelo visual. Nos dias de mais frio, é possível acordar com a paisagem, que é linda, cheia de neve”, conta a assistente administrativa Luara Baptista, 48.

Ela, que é pernambucana, achou o frio da cidade agradável. “Meu marido é gaúcho e sempre me chamava para ir lá no inverno. Eu não ia, com medo de ser um frio desconfortável. Mas não achei. Pelo contrário”, conta.

O grande destaque de Canela fica para os restaurantes. Principalmente à noite, quando as temperaturas são ainda mais baixas do que o habitual, os turistas buscam um local acolhedor. E os lugares gastronômicos são uma boa pedida. Há, claro, as tradicionais churrascarias, que oferecem, entre outras opções, o churrasco com a brasa no chão. Mas Canela é eclética em relação aos gostos culinários, e é possível encontrar diversos pratos.

Além de Canela, Bento Gonçalves também agrada ao paladar dos viajantes que rumam ao Sul. A cidade ainda tem outro atrativo para a época: suas vinícolas. As bebidas produzidas por elas são elogiadas por especialistas e também caem muito bem no frio.

“Os vinhos locais são de fato especiais e os restaurantes de lá se preocupam em, além de alimentar, saciar a visão e o olfato. Tudo isso faz valer a pena encarar o frio e sair do hotel”, diz o administrador João Cunha, 53.

Outra opção de viagem no Brasil são algumas cidades do sul de Minas Gerais. Com relevo alto, essa região também mistura o prazer da boa comida ao aconchego só aquele friozinho pode proporcionar.

CLIMA DE INTERIOR

A região Sul tem grandes atrativos para quem quer aproveitar o inverno longe de São Paulo. Mas não é a única opção. O sul de Minas Gerais também sabe unir o charme do frio a bons passeios.

Municípios como Gonçalves e São Lourenço têm ótima estrutura para receber turistas e, ao mesmo tempo, oferecem o clima tranquilo das cidades típicas do interior.

O produtor artístico Fabio Cardoso, 39, vai constantemente a Gonçalves e diz que o melhor de lá é a comida. “Recomendo a loja A Senhora das Especiarias, que tem excelentes geleias artesanais. Também valem a pena o bolo de cacau do empório Degustare e o restaurante Libertas. E ainda há a cachaçaria Três Barras, com mais de 50 opções de cachaça, todas artesanais.”

Cardoso também ressalta a hospitalidade do povo. “As pessoas são bastante amáveis com qualquer um”, lembra.

Sensação que também pode ser encontrada em São Lourenço, outra que aposta no turismo rural e na gastronomia caseira. Tudo unido à estrutura de uma cidade média e sem as confusões encontradas nas grandes metrópoles.

São Lourenço, inclusive, tem uma famosa maria-fumaça, que visita pontos importantes da história da cidade.

INTERIOR DE SÃO PAULO

Para os paulistanos que pretendem fazer viagens de inverno mais curtas, o interior do estado tem belas oportunidades. Serra Negra, a cerca de 150 km da capital, também segue o costume de agradar ao paladar dos visitantes.

“Também gostei das opções de roupas de frio que são vendidas. São bonitas e bem diferentes do que se costuma encontrar nas lojas daqui”, lembra a assistente administrativa Luara Baptista, 48.

Águas de Lindoia, próxima a Serra Negra, tem os seus tradicionais parques aquáticos com águas quentes e, em julho, organiza um festival de inverno com apresentações musicais, espetáculos teatrais e outras manifestações artísticas.

NO ESTADO DO RIO

Lembrado pelas belas praias de seu litoral, o estado do Rio de Janeiro também tem o seu cantinho com clima típico de inverno, na cidade de Petrópolis. Sua temperatura amena e seus pontos históricos, como o Museu Imperial, o palácio Rio Negro e a antiga casa do escritor e político Rui Barbosa (1849-1923), inspiram aos passeios a pé.

Entre os dias 6 e 15 de julho, a cidade organiza, com entrada gratuita, o seu festival de inverno, com shows, peças e oficinas culturais.

Agora
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem