Cinema e Séries
Descrição de chapéu Cinema

Série 'Mestres do Universo' causa polêmica por não mostrar He-Man o tempo todo

Criador da série da Netflix rebate críticas: 'Cresçam'

A série "Mestres do Universo", da Netflix - Netflix
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A série “Mestres do Universo: Salvando Etérnia” vem dando o que falar desde que estreou na plataforma da Netflix, no último dia 23. Isso porque alguns fãs do projeto original não ficaram felizes por ver um protagonismo maior da personagem Teela e não de He-Man.

Criador da série, Kevin Smith rebateu as críticas em entrevista à revista Variety. “Sei que há fãs aí reclamando que essa série é uma ‘lacração’”, começou. “Mas então o original ao qual estamos dando sequência também era. Vá assistir de novo. Há garotas em todos os episódios, lide com isso”, disse.

Segundo Smith, o projeto original não era centrado em He-Man o tempo inteiro. “Quem fala que não tem He-Man o suficiente não entendeu a série original. Havia episódios em que ele perdia a espada e nunca se tornava He-Man. Não era como se He-Man sempre salvasse o dia. Seus amigos o ajudavam”, disparou.

“Você realmente acha que a Mattel Television, que me contratou e me pagou, quer uma p**** de um ‘Mestres do Universo’ sem He-Man? Cresça”, emendou ele, irritado.

A série “Mestres do Universo: Salvando Eternia” acompanha o que aconteceu nos eventos da série dos anos 1980. A primeira parte da narrativa já está disponível no stremaing. Porém, ainda não há data de estreia para a segunda parte.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem