Cinema e Séries
Descrição de chapéu Cinema

Série de Shonda Rhimes na Netflix promete drama gay na nobreza da Inglaterra

Da criadora de Grey's Anatomy, 'Bridgerton' tem Julie Andrews no elenco

Jonathan Bailey interpreta o primogênito Anthony Bridgerton
Jonathan Bailey interpreta o primogênito Anthony Bridgerton - Reprodução/Netflix
São Paulo

"​Bridgerton" é uma adaptação dos nove romances da autora Julia Quinn criada por Chris Van Dusen e produzida por Shonda Rhimes, responsável pelos sucessos de Grey's Anatomy, "Scandal" e "How To Get Away With Murder". A série tem previsão de estreia para 25 de dezembro na Netflix, e promete um bom drama familiar.

A obra conta a história dos oito irmãos Bridgerton, integrantes da alta sociedade no período regencial inglês. O filho mais velho é Anthony, interpretado por Jonathan Bailey. A​ descrição oficial do personagem o classifica como um "nobre inglês por excelência" e "infinitamente bonito, charmoso e rico".

A continuação, que indica as questões de Anthony na trama, diz que o primogênito terá de "moderar sua busca pelo prazer" se quiser cumprir o dever muitas vezes opressor de se casar a produzir herdeiros. O ator inglês Jonathan Bailey, 32, estrelou "Broadchurch" e "W1A", além de ter participado de séries como "Doctor Who" e "Chewing Gum".

O teaser mostra o personagem de Bailey em rápida cena com outro homem, dando indícios da trama. O elenco, que conta com a diversidade que é habitual nas tramas de Shonda Rhimes, é composto ainda por Julie Andrews, que interpreta Lady Whistledown, Adjoa Andoh (Lady Danbury), Ruby Barker (Marina Thompson) entre outros.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem