Cinema e Séries
Descrição de chapéu Cinema

Biquíni de Ursula Andress no primeiro 007 tem preço estimado de R$ 2,8 mi em leilão

Peças da franquia vão a venda no próximo mês em Los Angeles

Ursula Andress com biquíni que entrou para a história em cena de "O Satânico Dr. No" - Divulgação

Os fãs de James Bond vão ter que esperar até 2021 pelo próximo filme de 007, mas aqueles com bolsos cheios podem, no próximo mês, colocar as mãos em alguns dos itens mais famosos dos filmes anteriores.

O biquíni cor de marfim usado por Ursula Andress em “O Satânico Dr. No” --primeiro filme de Bond-- está à venda em Los Angeles por um preço estimado de até US$ 500 mil (cerca de R$ 2,8 mi), disse a casa de leilões Profiles in History nesta quarta-feira (7).

Andress, que interpretou Honey Ryder no filme de 1962 e foi a primeira Bond girl, foi mostrada saindo do mar de biquíni. “É considerado o biquíni mais famoso do mundo”, disse Brian Chanes, chefe de aquisições da Profiles in History.

“É uma das cenas mais memoráveis de toda a franquia Bond”, declarou. “Isso ajudou os biquínis a se tornarem mais populares e deu início a todo o fenômeno das Bond girl.” A própria Andress vendeu o biquíni pela primeira vez em um leilão de Londres em 2001.

Outros itens incluem o pijama de Roger Moore em “Com 007 Viva e Deixe Morrer” (estimado em R$ 56 mil a R$ 84 mil); a jaqueta cinza usada pelo vilão Ernst Blofeld em “007 - Os Diamantes São Eternos” (R$ 112 mil a R$ 168 mil); e a capa esmeralda e enfeite para cabeça de Jane Seymour de “Com 007 Viva e Deixe Morrer” (R$ 335 mil a R$ 447 mil).

“As coisas da franquia Bond são relativamente raras, especialmente quanto mais você volta no tempo”, disse Chanes.

Reuters
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem