Cinema e Séries

Pornhub lança primeiro filme não adulto e quer conquistar novo público

Produção dirigida por Leilah Weinraub mostra clubes de striptease lésbicos de Los Angeles

Imagem do filme "Shakedown"
Imagem do filme "Shakedown" - Divulgação/IMDB
São Paulo

Um dos sites de pornografia mais conhecidos do mundo, o Pornhub pode parecer um pouco menos explícito nos próximos dias. É que nesta quarta-feira (4) a empresa anunciou o lançamento de seu primeiro filme não adulto, de acordo com publicação da revista “Variety”.

Trata-se do documentário “Shakedown”, dirigido pela cineasta e artista conceitual Leilah Weinraub, 41. O projeto mostra imagens captadas ao longo de 15 anos e trata das mulheres (e homens queer) que frequentavam clubes de striptease lésbicos na Los Angeles no começo dos anos 2000.

O filme, que contou com certo prestígio no circuito de arte e chegou a ser exibido em museus norte-americanos, ficará disponível gratuitamente no Pornhub durante o mês de março.

Imagem do filme "Shakedown"
Imagem do filme "Shakedown" - Divulgaão/IMDB

“Esse filme é parte de um comprometimento geral maior que o Pornhub tem de apoiar as artes”, disse à “Variety” Alex Klein, diretor do site. “Queremos ser vistos como uma plataforma que os artistas e criadores possam usar. Temos visto artistas em geral que sobem seus conteúdos ao site que talvez não tenham espaço em lugares como o YouTube ou o Vimeo, que não permitem nudez.”

Com estimativa de 42 bilhões de acessos no ano passado, o objetivo da empresa é “expandir sua audiência e diversificar seu portfólio”. Weinraub, que também vai participar de bate-papos uma vez por semana no site, disse que espera engajar principalmente o público feminino.

A cineasta já havia colaborado com o Pornhub anteriormente, quando ela trabalhava na marca Hood by Air, que teve uma linha de roupas inspirada no site.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem