Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades

Deborah Secco assume ter inimigas até hoje por causa de uma fase 'piranha'

A atriz diz que pegou namorados e até maridos de outras mulheres no passado

Mulher de jaqueta cheia de brilhos posa sensual
Deborah Secco abre o jogo sobre relações com pessoas comprometidas e garante: 'Não sou mais assim' - @dedesecco no Instagram
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Deborah Secco, 42, tem muitos amigos na vida, mas ela também coleciona algumas inimizades e até sabe o motivo das desavenças: a fase mais livre, leve e solta que viveu em um passado não tão recente. A atriz relembra que aproveitou muito o tempo de solteirice e que chegou se envolver com homens comprometidos. Deborah assume que foi "piranha".

"Nunca fiz mal a ninguém. Eu só era o quê? Piranha! Ser piranha hoje está na moda. Nunca fiz por dinheiro. Eu gosto de transar, de ter orgasmos. Era uma feminista antes do feminismo virar moda. Tenho inimizades porque na época peguei o namorado ou peguei o marido de alguém. Mas, hoje, peço desculpas. Não sou mais assim", admite em entrevista ao colunista Leo Dias.

Casada há 7 anos com o ator Hugo Moura, 32, e mãe de Maria Flor, 6, ela admite que vive um "sonho de princesa" por causa da família formada e que está cada dia mais realista sobre o que é o amor. Sentimento que ela tanto buscou em outras relações e não conseguiu.

"Eu fazia de tudo para salvar as relações, para que não acabassem. Para um, dei um sítio. Para outro, um estúdio...", revela. Deborah até confidencia que viveu também um relacionamento tórrido com uma famosa: "Fui apaixonada por ela. Para mim, era namoro".

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem