Celebridades

Tereza Seiblitz diz que André Gonçalves não paga pensão da filha há 10 anos

André cumpre prisão domiciliar por não pagar pensão de outra filha

A atriz Tereza Seiblitz
Atriz Tereza Seiblitz - @terezaseiblitz no Instagram
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A atriz Tereza Seiblitz, 57, mãe de uma das filhas do ator André Gonçalves, 46, quebrou o silêncio nas redes sociais ao responder a um internauta que a criticava por cobrar pensão alimentícia para a filha Manuela, 22. Ela afirmou que ele não paga pensão há dez anos.

Tereza publicou um vídeo no Instagram, de 1995, da sua personagem cigana Dara, da novela "Explode Coração", dançando para o empresário Júlio Falcão (Edson Celulari). No meio dos comentários dos internautas elogiando sua personagem na novela, um homem criticou a artista pela cobrança da pensão da filha.

"Cobrando pensão alimentícia para uma filha de 23 anos. Isso é uma vergonha. E ainda se diz feminista. Manda a Manuela trabalhar para se tornar uma mulher independente ao invés de viver de pensão eternamente. Isso é indigno", escreveu o homem.

A atriz respondeu que ele não sabe o que está falando e o chamou de "grosseiro e cruel" como tantos pais que não assumem os custos dos filhos. "Para seu governo, o pai da minha filha que fez 22 anos não paga pensão há dez anos. Ela desistiu da cobrança. Foi verbalmente agredida por ele. Além disso, o advogado dele foi tão grosseiro que o mediador encerrou a sessão. Um conselho: se não pode ajudar, não atrapalhe", disse Tereza.

Internautas saíram em defesa da atriz e criticaram o homem pelo comentário. Uma mulher disse que ele deve ser mais um que faz filho e não paga pensão e o chamou de ridículo. "O que você tem a ver com isso? Vai sair do seu bolso?", perguntou a internauta.

Outra pessoa afirmou que homens que não pagam pensão e não se responsabilizam pelos seus filhos merecem ser cobrados na justiça. "Não só por pensão, mas por todos os danos emocionais que causam em seus filhos. E uma relação pelo abandono moral, afetivo e financeiro, você defendendo o que não sabe, deve ser mais um macho igual a ele que só sabe ser macho fazendo filhos, sem assumi-los", escreveu a internauta.

Uma mulher pediu desculpas a Tereza e disse que acha cruel o que ela e a atriz e jornalista Cynthia Benini, 48, mãe de outra filha de Gonçalves, estão fazendo com o ator. Ela defendeu o ator dizendo que ele está desempregado, não tem como pagar a pensão das filhas e sugere que elas façam um acordo.

Segundo a mulher, a prisão é algo pesado para o ator, que não é bandido. "Vocês estão passando fome? Tenho certeza que não.". A atriz não respondeu ao comentário.

O processo movido por Manuela contra o pai cobrando a pensão está em segredo de Justiça. Ele tramita na 4ª Vara de Família do Rio de Janeiro e está na fase de espera da decisão do juiz. Procurada, a filha do ator não respondeu às solicitações.

O advogado de Gonçalves, Sylvio Guerra, diz ao F5 que não crê que o novo pedido de prisão caminhe. "Esse pedido de prisão não vai prosperar, pois ele já está em prisão domiciliar, apesar de ainda não ter recebido a tornozeleira eletrônica nem o mandato. Mas já está decretada a prisão pelo outro processo da Valentina", comenta.

No dia 23 de novembro, o ator teve prisão domiciliar decretada pela Justiça de Santa Catarina em processo movido pela sua ex-mulher e mãe de Valentina, a atriz e jornalista Cynthia Benini. A sentença determina que Gonçalves seja monitorado por tornozeleira eletrônica e fique em prisão domiciliar por um prazo de 60 dias. "Ele vai cumprir essa decisão", disse o advogado.

A dívida do ator pelo não pagamento da pensão é de R$ 352 mil. Ele estava inadimplente desde 2017. Segundo Guerra, Gonçalves sempre cumpriu os seus compromissos com Valentina e seus outros dois filhos durante o longo período em que foi contratado pela Globo —o desconto era feito em folha de pagamento.

Mas, desde 2016, quando foi demitido da emissora e ficou desempregado, ele não conseguiu mais pagar o valor integral da pensão. "E foi acumulando. [No período] Ele fez algumas peças de teatro, fez a Dança dos Famosos, e tudo isso, ele depositava para os filhos. Só que ele não conseguia pagar o valor total da pensão, mas jamais deixou de depositar alguma coisa", justificou. O advogado acrescentou que eles vão tentar um acordo para o pagamento da dívida.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem