Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades

Marília Mendonça: Assessoria diz que noticiar resgate da cantora não foi intencional

Violão e caderno de composições são recuperados

A cantora Marília Mendonça durante lançamento da turnê de As Patroas no Alianz Parque - Leo Franco 5.out.2021/AgNews
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Momentos após o acidente que envolveu Marília Mendonça e sua equipe, a assessoria de imprensa da cantora revelava que a artista tinha sido resgatada e estava bem. Porém, alguns minutos depois chegou a informação do Corpo de Bombeiros que dava conta que ela havia morrido.

Na tarde desta segunda-feira (8), a equipe responsável pela comunicação de Marília enviou uma nota à imprensa para explicar o ocorrido. Segundo ela, o erro não foi proposital.

"Em conhecimento do acidente, a assessoria de imprensa da artista buscou informações de fontes confiáveis. Estas informaram que estaria tudo bem e que todas as pessoas estavam sendo conduzidas ao hospital, somente para realizar procedimento padrão", começa o documento.

Segundo o comunicado, após 20 minutos a informação mudou. "As mesmas [fontes] notificaram a equipe sobre a fatalidade. A notícia foi repassada primeiramente aos familiares das vítimas. Vale ressaltar que todas as informações foram disponibilizadas sempre baseadas em fontes confiáveis. Em nenhum momento o equívoco foi intencional".

A informação de que ela estava bem havia deixado os fãs mais tranquilos. Mas foi por volta das 18h que a assessoria voltou atrás e confirmou a morte da cantora, que deixa Leo, seu único filho, da união com o também cantor e compositor Murilo Huff.

Foi nesta ocasião que também foram confirmadas as mortes do produtor de Mendonça, Henrique Ribeiro, e de seu tio, Abicieli Silveira Dias Filho, além do piloto Geraldo Martins de Medeiros e do copiloto Tarcísio Pessoa Viana.

O acidente de avião aconteceu numa serra em Piedade de Caratinga, a 309 quilômetros de Belo Horizonte. A cantora tinha um show marcado para aquela noite de sexta (5) em Caratinga, a cerca de dez quilômetros do local do acidente.

Um violão dentro da capa e o caderno de anotações que Marília Mendonça costumava preencher com novas composições estão entre os objetos recuperados de dentro do avião após o acidente.

De acordo com a assessoria de imprensa da artista, além disso, foram recuperados três aparelhos celulares e a mala de viagem vermelha da cantora. Tudo foi entregue às famílias.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem