Celebridades

Janet Jackson não quer participar de documentário do Superbowl

Ela provocou um escândalo ao exibir um dos seios para 100 milhões de pessoas

Janet Jackson
Janet Jackson - Reuters
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A cantora Janet Jackson, 55, não quer participar do documentário do do Superbowl do New York Times. A informação foi confirmada pelo ex-estilista da artista Wayne Scot Lukas, que criou o traje que ela usou em 2004 no Superbowl, ao Page Six.

Jackson se recusou a participar do projeto New York Times / FX e pediu a Lukas e outros que também não participassem. Em 2004, ela provocou um escândalo ao exibir um dos seios para 100 milhões de pessoas durante o show do intervalo. "Ela nos pediu para não fazer isso. Ela quer contar sua própria história ", disse Lukas.

Na época, ao final da música "Rock Your Body", Janet Jackson deixou o cantor Justin Timberlake, com quem cantava, abrir o corpete de couro que usava enquanto eles cantavam: "I'll get you naked by the end of this song" ("Vou te deixar nu ao fim desta canção"). A emissora de televisão CBS, que transmitia o espetáculo ao vivo de Houston, Texas, cortou rapidamente a cena.

O documentário explora como o então CEO da CBS, Les Moonves, decidiu arruinar a carreira de Jackson após o incidente embaraçoso, enquanto a carreira de Timberlake floresceu em seu rastro. ​O ex-cantor do N’Sync recebeu prêmios Grammy naquele ano, mas Jackson foi retirada da premiação.

A MTV, de propriedade da Viacom, que produziu o programa do intervalo, também quase não exibiu seus novos videoclipes, apesar de chamá-la como o primeiro ícone da MTV três anos antes do show do intervalo.

Uma fonte disse que o episódio não acabou com a carreira dela. Segundo a fonte, Jackson ainda quebrou recordes com álbuns e entrou no Hall da Fama do Rock & Roll.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem