Celebridades

Após anos de relação conturbada, filho de Edmundo posta foto com o pai

Alexandre Mortágua é fruto da relação do ex-atleta com a ex-modelo Cristina Mortágua

Alexandre Mortágua posta foto ao lado do pai, Edmundo
Alexandre Mortágua posta foto ao lado do pai, Edmundo - Instagram/@alexandremortagua
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Ao que tudo indica, após anos de desentendimentos, reina a paz na relação do ex-jogador de futebol Edmundo Souza, 50, com o filho, Alexandre Mortágua, 26. O jovem postou no Instagram Stories uma foto abraçado ao pai na tarde deste domingo (12), com emojis de flor e coração.

Em maio de 2020, Alexandre insinuou que o pai era o jogador com quem Jorge Lafond (1952-2003), famosa pela personagem Vera Verão, havia tido um affair. A artista disse que revelaria o nome do atleta com quem se envolveu no livro "Vera Verão: Babados", no fim dos anos 1990, mas até hoje a identidade do esportista com quem teria se envolvido é um mistério.

À época, Alexandre compartilhou a imagem da página do livro que exibe a pergunta "Quem é o amante de Vera Verão?" na própria rede social. Na postagem, direcionou a resposta ao apontar para a foto de Edmundo e escreveu: “meu pai”.

Filho do ex-atleta com a ex-modelo Cristina Mortágua, 51, o cineasta foi reconhecido como filho de Edmundo por um teste de DNA. Em 2019, ele lançou no YouTube o documentário "Todos Nós Cinco Milhões", no qual fala sobre o abandono paterno e se compara a outras pessoas que vivem a mesma situação que ele. ​

Em entrevista a Luciana Gimene também 2019, o jovem chegou a dizer que não sentia nada pelo pai e que só o havia visto quando tinha 16 anos após uma reunião na Justiça. Os dois, porém vêm tentando uma reaproximação no último ano e o jovem, inclusive, esteve junto com o pai em abril, na comemoração do aniversário do ex-atacante.

"Pela primeira vez, aos vinte e seis anos, passei um aniversário do meu pai com ele. Me deu um senso de novidade. Eu acreditava que minha relação com meu pai seria conturbada para sempre e já tinha aceitado isso. Conseguir modificar uma situação que eu acreditava ser eterna me deu um senso de que qualquer coisa é possível, toda relação é 'consertável'. Nós ainda estamos nos aproximando, mas serviu bastante para outras relações também", disse Alexandre em entrevista à revista Quem, em agosto.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem