Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades

Tyler Posey, de 'Teen Wolf', diz que namorada o ajudou a se descobrir 'sexualmente fluido'

'Eu me encaixo sob o guarda-chuva queer', declarou em entrevista

O ator Tyler Posey, conhecido por sua participação na série 'Teen Wolf' AFP

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Tyler Posey, 29, o Scott McCall da série “Teen Wolf”, disse em entrevista à revista britânica NME que tem feito novas descobertas em relação à sua sexualidade e recentemente se reconheceu como “queer” e “sexualmente fluido”.

Ele afirma que a busca pelo autoconhecimento tem sido incentivada pela namorada, a cantora Phem, 26. “Ela me ajudou a perceber que eu me encaixo sob o guarda-chuva queer e que sou sexualmente fluido.”

O ator já foi acusado de fazer “gaybaiting”, que seria uma técnica de marketing para atrair o público, quando afirmou em sua conta do OnlyFans que já tinha se relacionado com homens. Ele aponta que já recebeu muitos comentários cruéis e ameaças após sua declaração.

“Estou sóbrio agora e tenho trabalhado muito na minha saúde mental, então estou em um lugar onde posso rir um pouco desse tipo de coisa”, afirmou. “Mas eu sei que outras pessoas que lidam com esse tipo de merda podem não ser tão fortes mentalmente.”

Posey já lutou contra o vício em drogas e esse é um dos principais temas abordados em seu álbum de estreia “Drugs”, que já tem dois singles, “Shut Up” e “Happy”.

Em setembro do ano passado, o ator criou sua conta no aplicativo OnlyFans, mais conhecido por ser utilizado para publicar material erótico pago, e publicou um vídeo nu enquanto tocava violão.

Além de Teen Wolf, Posey fez participação especial na série “Scream” e protagonizou o filme de terror “Verdade ou Desafio”, junto da atriz Lucy Hale, de “Pretty Little Liars”.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem