Celebridades

Fernanda Lima revela ter sonhos eróticos, não necessariamente com Hilbert

Casal fez revelações íntimas no programa Bem Juntinhos

Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert em Bem Juntinhos
Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert em Bem Juntinhos - Divulgação
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O casal Fernanda Lima, 44, e Rodrigo Hilbert, 41, está junto há quase 20 anos. Porém, os sonhos eróticos continuam permeando a mente da apresentadora. Mas nem sempre eles têm o marido como ator principal.

A revelação foi feita durante o programa do GNT Bem Juntinhos, da última quinta-feira (8). Em papo com Gaby Amarantos, 42, e com um psicólogo, Lima abriu o jogo.

“Às vezes a gente ameaça a namorar e quase na maioria das vezes a gente é interrompido pelas crianças. Fica aquela frustração. E eu vou dormir de noite eu sonho, e não necessariamente com ele”, disse Fernanda. Rodrigo respondeu: “Esse ‘não necessariamente com ele’ que é complicado.”

No papo, Fernanda continuou a fazer revelações. Ela disse que não conseguiria dormir em quartos separados do marido, prática comum no cotidiano de Amarantos com o marido dela.

“Ronco lá em casa não é problema, mas tem uns barulhos que eu me assusto um pouco, treme a casa, eu acordo, é um despertador”, divertiu-se ela para a surpresa do marido. “Você está falando dos meus puns?”, perguntou ele.

Recentemente, o apresentador do GNT e multitarefas Rodrigo Hilbert recebeu a sua dose da vacina para combate à Covid-19. O momento acabou gerando piadas com ele.

Ao publicar uma foto do momento da imunização, o ator virou o centro das atenções por parte dos seguidores. Teve até quem tenha atrelado a ele a criação da vacina.

“Produziu a vacina, inventou a seringa”, publicou um fã. “Construiu o postinho que foi vacinado?”, perguntou uma outra internauta ao rir da fama de “faz-tudo” de Hilbert. “Amanhã ele aparece com a própria vacina: Superpaivac”, brincou outra.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem