Celebridades

Andressa Urach diz que modelo que criou briga no Miss Bumbum será processada

Representante da Paraíba arrancou faixa da vice-campeã

A modelo Andressa Urach - Divulgação
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Apresentadora do Miss Bumbum 2021, Andressa Urach, 33, revelou que a modelo Taty Sindel, representante da Paraíba no concurso, será processada após arrancar a faixa da vice-campeã, Juh Campos (Roraima), ao final da competição.

“Quem perde nunca aceita que é perdedor. O Miss Bumbum já entrou com processo contra ela. Ela terá de assumir essa responsabilidade porque tentou estragar o concurso. Era momento das meninas”, disse ao Splash Show do UOL.

No evento, Juh Campos teve a faixa arrancada pela participante no momento em que a própria Andressa dava o voto final para consagrar a mineira Luna Leblanc.

“Eu fiquei sem ação, eu não esperava a atitude. Todo mundo espera que tire da Miss Bumbum, não da vice. A frustração dela foi não ter participado do concurso, chegou atrasada, mas todo concurso tem suas regras”, emendou Urach que foi vice-Miss Bumbum em 2012.

Em suas redes sociais, Taty respondeu. "Tem gente me mandando vídeo falando que eu vou ser processada. Quer processar, processa. Vou pagar com cesta básica. Não tentei estragar a festa, ela já estava estragada há muito tempo. Paguei roupa caríssima e fui impedida de desfilar. Foi um protesto. Você é queimada e quer falar de mim", respondeu a modelo contra Urach.

A noite do Miss Bumbum também mostrou um momento contra a homofobia. Em determinada etapa do desfile, as modelos Camila Beck, de Tocantins, e Déia Cavalheiro, do Mato Grosso do Sul, se beijaram no palco com a bandeira do arco-íris aberta. Elas são namoradas.

Por causa das restrições pela pandemia de Covid-19, o evento foi realizado sem plateia. Os jurados foram os humoristas Rafinha Bastos e Maurício Meirelles, além da ex-paquita Cátia Paganote.

A apresentadora Andressa Urach foi muito elogiada por causa de sua condução do desfile do qual é a embaixadora e sócia. O Miss Bumbum comemora dez anos. Ela usou durante o evento um colar com o nome do marido, Thiago, que não estava presente.

Andressa, dois anos depois de seu vice-campeonato, passou a fazer parte da Igreja Universal, se afastou do concurso e parou de fazer fotos sensuais. Mas no ano passado ela começou a mudar de postura ao anunciar que estava abandonando a instituição religiosa e dizer que se sentiu mais usada "que no tempo da prostituição".

"Dediquei os últimos seis anos da minha vida para Jesus, como todos sabem, mas acabei me sentindo como um objeto descartável", afirmou. "Sei que Jesus não tem nada a ver com isso e a obra de Deus é feita por pessoas falhas", completou, na ocasião.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem