Celebridades

Carolina Ferraz lança programa de entrevistas na web, o 'She is the boss'

Primeiro programa da apresentadora da Record é com a cantora Gaby Amarantos

Programa She is the boss, de Carolina Ferraz, no YouTube
Carolina Ferraz estreia o programa "She is the boss", no YouTube - Reprodução/YouTube
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A atriz e apresentadora Carolina Ferraz, 53, estreiou nessa sexta-feira (23) seu programa de entrevistas na internet, o “She is the boss” (Ela é a chefe, em tradução livre). A atração contará com a participação de mulheres de destaque e empreendedoras.

A convidada do primeiro programa é a cantora Gaby Amarantos, 42. Ao longo da entrevista, a artista paraense falou sobre sua vida nos palcos e como apresentadora dos programas Saia Justa, do GNT, e The Voice Kids, da Globo.

Gaby também falou sobre empreendedorismo, como foi o início de sua carreira e o preconceito que sofreu por ser mulher. “Eu lembro de uma vez que um empresário falou assim pra mim ‘Estou vendo que você é determinada e tal, mas o problema é que vocês [mulheres] levam muito tempo para fazer maquiagem, [...] a gente investe um dinheiro e, aí, de repente, vocês aparecem grávidas, e o dinheiro todo vai embora... Então, pra mim é muito difícil trabalhar com mulher’”, disse a artista.

A atração irá ao ar em seu canal no YouTube todas as sextas-feiras, a partir das 18h.

Carolina Ferraz passou 25 anos como contratada na Globo até que, em 2017, a emissora não renovou. Por lá, participou de inúmeras novelas. Entre os destaques estão “Pátria Minha” (1994), em que foi uma das protagonistas, “Por Amor” (1997), na qual viveu a personagem Milena e fez muito sucesso, e “O Astro” (2011). Seu último trabalho no canal foi na novela “Haja Coração” (2016).

Desde 2020, Ferraz apresenta do “Domingo Espetacular”, da Record TV. Hoje, também está à frente de sua produtora, a Miss Ferraz.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem