Celebridades

Nego do Borel apela para discurso religioso após acusações de agressão

Cantor é apontado por ex-noiva, Duda Reis, como autor de ameaças e violência sexual

Nego do Borel e Duda Reis - Instagram/negodoborel
São Paulo

O cantor Nego do Borel, 28, que nesta semana teve seu nome envolvido em polêmicas com sua ex-noiva, Duda Reis, 18, que o acusa de agressão e crime de violência sexual, aderiu ao discurso redentor, se referiu a Deus, e se disse “pecador” em uma postagem no Instagram neste sábado (16).

Acompanhando uma foto em preto-e-branco, com areia entre os dedos, ele escreveu: "Te amo, toma minha vida em suas mãos! Eu sei que o Senhor sabe de tudo! Sou pecador, todos nós somos digno de pena, que nesta noite o senhor possa visitar o coração de cada um aqui, Pai!"

Na última semana, ele foi acusado por Duda, com quem se relacionou por três anos, de violência doméstica, estupro de vulnerável e ameaça de morte, entre outras coisas, em boletim de ocorrência registrado na quinta-feira (14).

Vieram também à tona traições por parte do cantor e acusações de agressão de outra ex- namorada.

Nesta sexta-feira (15), a polícia esteve na casa do cantor. De acordo com o próprio acusado, os agentes levaram uma arma de ar comprimido, que ele diz que era usada em jogos de paintball. O cantor também negou ter qualquer envolvimento com atividades ilícitas em vídeo publicado em suas redes sociais.

Ainda nesta sexta, as advogadas de Duda Reis divulgaram que a Justiça concedeu uma medida protetiva para que o cantor não se aproxime da ex ou da família dela. Antes, ela já havia dito que havia sido ameaçada por ele.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem