Celebridades

Famosos vibram com aprovação da vacina contra a Covid-19 no Brasil

Celebridades comemoraram autorização de uso emergencial pela Anvisa nas redes sociais

A enfermeira Mônica Calazans foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19 no país, durante a coletiva de imprensa no Instituto Butantan em São Paulo (SP), neste domingo (17), realizada pelo governador João Dória. - Danilo M Yoshioka/Futura Press/Folhapress
São Paulo

Após o Plantão da Globo noticiar, na tarde deste domingo (17), a aprovação do uso emergencial das vacinas Coronavac, produzida pelo Instituto Butantã, e de Oxford/AstraZeneca, requisitada pela Fiocruz, para conter a pandemia de Covid-19, famosos comemoraram nas redes sociais.

A decisão ocorreu em reunião da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), e o uso emergencial foi aprovado por unanimidade em votação.

O ator Bruno Gagliasso, conhecido por sua militância ativa nas redes em relação ao tema, foi um dos primeiros a se manifestar. "Aprovou a vacina!", escreveu no Twitter, sob as hashtags #VemVacina, #VamosNosImunizar, #VamosNosFortalecer, #VamosCuidarUnsDosOutros. E completou: "Alô, Butantã, quando chegar a minha vez, já estou com o braço de ir."

O músico Mumuzinho também se posicionou, dizendo que "Esse momento é nosso! Anvisa aprovou a vacina, eu já estou com o braço de fora. Cadê?" A cantora Ludmilla foi outra que se manifestou no microblog: "Vacina, eu já estou com roupa de ir, tá?"

Lucy Ramos compartilhou a notícia e festejou: "Viva a ciência!'. Leandra Leal, por sua vez, publicou uma foto da mulher que será a primeira vacinada no Brasil. "Mônica Calazans é o sorriso da nossa esperança e do nosso agradecimento a todos profissionais que estão na linha de frente. Obrigada ao Instituto Butantã e a todos os nossos cientistas", escreveu.

Outras celebridades que foram à internet manifestar apoio são Maisa, Monique Evans, Paola Carosella, Babu Santana, Valesca Popozuda, Paula Lima, Paulo Vieira Mônica Martelli, Rafa Kalimann, Marcus Majella, Lulu Santos.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem