Celebridades

Paulinho, vocalista do Roupa Nova, apresenta melhora significativa, mas continua internado

Cantor contraiu Covid-19 e passou por um transplante de medula óssea

Paulo Cesar dos Santos, mais conhecido como Paulinho, é o atual vocalista do grupo Roupa Nova
Paulo Cesar dos Santos, mais conhecido como Paulinho, é o atual vocalista do grupo Roupa Nova - Instagram/@roupanova
São Paulo

O cantor e percussionista Paulo Cesar dos Santos, 68, mais conhecido como Paulinho, apresentou melhora em seu quadro de saúde, segundo informações da banda Roupa Nova, da qual faz parte há mais de 40 anos.

Em nota, o grupo musical agradeceu as orações e pensamentos positivos sobre a recuperação do músico, e disse que ele apresentou uma melhora significativa nos últimos dias. "Com fé logo estará de volta com a gente", concluíram.

Em setembro deste ano, Paulino foi hospitalizado no Complexo Hospitalar de Niterói, no Rio de Janeiro, devido complicações da Covid-19. Ele também passou por uma cirurgia de transplante de medula óssea para tratar de um linfoma.

No dia 10 de setembro, Paulinho passou pelo procedimento cirúrgico do qual as suas próprias células-tronco do paciente foram utilizadas na realização da cirurgia. De acordo com boletim médico divulgado na época, "dia 21 de setembro aconteceu 'a pega da medula'", que é quando a medula já consegue produzir as células do sangue em quantidades suficientes. Ainda, segundo o comunicado "o paciente passa bem e poderá ter uma vida normal".

Paulinho faz parte da formação original da banda que aconteceu em 1970, com o nome de Os Famks, sendo apadrinhados pelo cantor Milton Nascimento. O conjunto só passou a se chamar Roupa Nova, anos depois, ao assinar contrato com a Polygram. Completam o grupo os artistas: Serginho Herval, Nando, Cleberson Horsth, Ricardo Feghali e Kiko, que ao som de sucessos como "Whisky-a-Go-Go", "Linda Demais", "Dona" e "A Viagem" vendeu mais de 20 milhões de discos.

Ainda não há previsão de quando Paulinho deixará a unidade médica hospitalar.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem