Celebridades

Defesa da família de Gugu chama de 'fanfarronice' documento apresentado por Rose Miriam

Declaração de 2016 do apresentador seria prova da união estável entre eles, diz advogado da médica

Gugu Liberato com Rose Miriam Di Matteo - Instagram/rosemiriamoficial
São Paulo

Os advogados da família de Gugu afirmaram que a nova prova apresentada pela defesa de Rose Miriam e que evidenciaria a união estável entre o apresentador e a médica é um documento "velho" usado com o objetivo de atrair holofotes para o caso.

"Essas iscas passageiras lançadas na mídia não passam de fanfarronices que visam, exclusivamente, induzir a erro a opinião pública que desconhece o processo", dizem em nota Carlos Eduardo Farnesi Regina e Dilermando Cigagna Júnior. Os advogados também lamentaram que o sigilo judicial do caso não seja respeitado.

Rose briga na Justiça para que a sua relação com Gugu seja reconhecida e, assim, possa ter direito à herança dele, que foi partilhada apenas entre os filhos e sobrinhos do artista. Na última semana, a defesa da médica apresentou à Justiça brasileira a tradução, registrada em cartório, deste novo documento escrito em inglês que, segundo Nelson Willians, advogado de Rose, seria a "prova definitiva" da união estável entre os dois.

A informação sobre a novidade no processo foi divulgada pelo jornalista Erlan Bastos e confirmada ao F5 por Willians na última terça (22). Neste domingo (27), o programa Fantástico, da Globo, exibiu uma reportagem em que detalhou o que seria esta nova prova.

O documento é de 2016 e foi utilizado durante os trâmites para que a médica conseguisse o Green Card (o visto permanente para poder morar nos Estados Unidos). Nele, segundo a tradução apresentada pela defesa dela, Gugu escreveu: "Tenho uma companheira de muitos anos, Rose Mirian Souza Di Matteo, que é mãe de nossos três filhos: João, Marina e Sofia [...]. Presenteei US$ 555 mil [cerca de R$ 3 milhões na cotação atual] para uso pessoal da minha companheira [...] Declaro que o acima exposto é verdadeiro e correto, tanto do que é do meu conhecimento, sob pena de perjúrio." O termo usado no inglês para companheira é partner.

Novo documento acirra disputa por bens do apresentador Gugu - Reprodução

O valor foi utilizado por Rose para investir no time de futebol Orlando City —uma das formas de conseguir o Green Card é justamente investindo uma determinada quantia nos Estados Unidos. Gugu fez a declaração como forma de comprovar a procedência do dinheiro de Rose.

Ao Fantástico, Nelson Willians disse que o documento "é o Santo Graal das provas". Ao F5, ele já tinha afirmado que a declaração torna "nulo qualquer outro documento que tenha sido assinado" em período anterior. O advogado se referia a um testamento assinado em 2011, em que Gugu excluiu Rose do usufruto e da administração dos bens deixados aos filhos. Rose diz que, na época, os dois passavam por “uma crise na união” e que depois disso, reataram.

Willians indicou ainda ao programa que vai pedir a anulação do testamento e irá ajuizar um pedido de reserva de bens para garantir que parte do valor da herança não seja gasto antes do resultado do processo.

Novo documento acirra disputa por bens do apresentador Gugu - Reprodução

Já os advogados dos filhos e sobrinhos de Gugu afirmaram que "eventuais interpretações ou traduções distorcidas da realidade, trazidas pelo advogado da parte contrária, não se prestam a dar credibilidade à tese de união estável, por sinal instituto não reconhecido pelo direito americano, no âmbito federal ou no estado da Flórida".

Metade dos bens do apresentador foram transmitidos obrigatoriamente a João, Sofia e Marina, filhos de Gugu e Rose. Já a segunda metade, o apresentador dividiu, deixando 75% para os três e 25% para cinco sobrinhos.

A disputa judicial deu origem a uma série de desavenças entre Rose e a família de Gugu. A mãe do apresentador, Maria do Céu, chegou a dizer que os Rose e Gugu nunca tiveram nada, mas que o apresentador dava a Rose tudo que ela queria. Ela também chegou a dizer que Rose estava destruindo a família com a disputa.

LEIA A NOTA DOS ADVOGADOS DOS FILHOS E SOBRINHOS DE GUGU

"Sobre o documento afirmado novo, a defesa de Gugu Liberato esclarece que não falará sobre o caso através da mídia, somente no processo, em respeito ao sigilo judicial, que obedece.

Lamenta que a parte adversa assim não aja, voltando a público para explorar um documento, que é velho, em busca de novos holofotes, que lhe faz o gosto, descumprindo determinações judiciais.

Eventuais interpretações ou traduções distorcidas da realidade, trazidas pelo advogado da parte contrária, não se prestam a dar credibilidade à tese de União Estável, por sinal instituto não reconhecido pelo direito americano, no âmbito federal ou no Estado da Flórida. Essas iscas passageiras lançadas na mídia, não passam de fanfarronices que visam, exclusivamente, induzir a erro a opinião pública que desconhece o processo.

Não é dado a ninguém o poder de interpretar qualquer documento, função exclusiva do Poder Judiciário brasileiro.

Especulações são incompatíveis com a verdade real e não autorizam transformar a vida de Gugu em um espetáculo nacional. A verdade, sempre, prevalece." A nota é assinada pelos advogados Carlos Eduardo Farnesi Regina e Dilermando Cigagna Júnior.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem