Celebridades

Negra Li afirma que a filha 'pode tudo' e vê avanço nas conquistas das mulheres negras

A rapper participou do Conversa com Bial; o chef Rodrigo Oliveira também deu entrevista e falou sobre a vida na quarentena

São Paulo
Negra Li com a filha Sofia, de 11 anos - Instagram/negrali

A rapper Negra Li, 40, falou nesta sexta-feira (24) no Conversa com o Bial sobre as diferenças que vê entre o seu comportamento na infância e o da filha Sofia, 11.

A artista disse que não ousava sonhar muito alto, enquanto a filha pode tudo.

"Ela pensa em estudar fora do país, fala em Harvard, sabe que pode qualquer coisa. Fico muito feliz em ver esse avanço", afirmou, referindo-se às conquistas recentes das mulheres negras.

Durante a entrevista, ela contou sobre sua rotina na quarentena. Acostumada a viajar para fazer shows, a rapper agora fica mais tempo em casao ao lado dos filhos. Além de Sofia, ela é mãe de Noah, 3.

Negra Li contou que está descobrindo a própria casa, além de conviver mais com as crianças. No entanto, os planos artísticos continuam, apenas estão mais lentos. A rapper vai gravar um álbum após uma imersão criativa que será realizada no Rio de Janeiro.

Além da rapper, o chef Rodrigo Oliveira, 39, participou do programa e também falou sobre as transformações em sua vida por causa da pandemia.

Rodrigo fechou temporariamente o tradicional Mocotó, restaurante de comida sertaneja na zona norte de São Paulo, no dia 20 de março. O local funciona apenas no sistema delivery.

Ele e a mulher, a historiadora Adriana Salay, estão no momento à frente do projeto "Quebrada Alimentar", que entrega cestas básicas com produtos orgânicos para a população carente da região.

O chef contou ainda que vai abrir um restaurante na Califórnia e que a casa será diferente das que possui no Brasil.

O chef Rodrigo Oliveira e o pai, Seu Zé, do restaurante Mocotó - Gabriel Cabral/Folhapress
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem