Celebridades

Tatá Werneck recorda pós-parto ao confortar Thaís Carla na web: 'Duas semanas chorando'

Bailarina plus size da cantora Anitta deu à luz no mês passado

Tatá Werneck - Instagram/Tatawerneck
São Paulo

A apresentadora Tatá Werneck, 36, recordou, nesta quarta-feira (15) um pouco de seus momentos após o nascimento da filha, Clara Maria, em outubro do ano passado, e disse que não foi fácil. “Passei duas semanas chorando”, disse ela.

A afirmação foi feita nas redes sociais, numa tentativa de confortar a dançarina Thaís Carla, 28, que deu à luz sua segunda filha no mês passado, e revelou estar passando por um momento de muita tristeza.

“Não sou de me permitir ficar triste. Porém, não sei como explicar o que estou sentindo, só sei que não estou bem. Não sei se é por causa dessa pandemia, talvez o desespero de criar duas crianças ou por conta da minha cesária que não cicatrizou bem”, afirmou Thaís.

Tatá então afirmou que ela tinha todo o direito de se sentir assim. “São muitas mudanças. Muitas dúvidas e hormônios. É natural, fique de repouso. Tomara que tenha alguém pra cuidar de você. Muitas pessoas esquecem das mães depois que os bebês nascem.”

A apresentadora não foi a única a se sensibilizar com a situação de Thaís. A cantora Preta Gil, 45, também falou pra ela se permitir esse momento de tristeza e afirmou que amanhã já terá passado. Já o ator Luis Lobianco, 38, ofereceu um abraço e disse que ela é uma inspiração.

"É característica dos bravos ser vulnerável. Tento ser honesto com meus maus momentos, prefiro isso a adotar 'positividade tóxica' pra atender expectativa alheia. Tem uma frase que eu adoro: 'Não há bem que sempre dure, ou mal que nunca acabe'. E assim é a vida. Vai passar, viu?", afirmou o ator.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem