Celebridades

Luan Santana vai ao hospital e coronavírus é descartado: 'Apenas irritação na garganta'

Especulação sobre saúde do cantor começou durante apresentação no interior de São Paulo

Luan Santana durante show em parque aquático no interior de São Paulo
Luan Santana durante show em parque aquático no interior de São Paulo - Lucas Ramos e Eduardo Martins/ AgNews
São Paulo

A assessoria de imprensa de Luan Santana afirma que o cantor não está com o coronavírus. "Ontem após o show no Thermas Water Park, Luan foi ao Einstein de Alphaville, passou com o médico e ele tem apenas uma irritação na garganta". A informação põe fim a especulações de que o artista poderia ser mais uma pessoa contaminada pela epidemia.

Tudo começou quando na noite deste sábado (14), Santana comemorou seu aniversário com grande show em um parque aquático no interior de São Paulo. O cantor completou 29 anos nesta sexta-feira (13). Durante a apresentação, o artista que chegou dos Estados Unidos na quinta-feira (12), disse que mesmo se sentindo fraco havia dois dias e com tosse, decidiu fazer a apresentação.

"Estou me sentindo meio estranho, hoje fechou meu nariz, estou com um pouquinho de dor de garganta, ... mas tenho certeza que, mesmo nesses tempo em que vivemos não vai ser nada", disse em vídeo divulgado pelo colunista do UOL, Léo Dias.

"Não sei se está dando para vocês perceberem, um dia tão especial hoje, comemorando meu aniversário, então vi a necessidade de ser sincero com vocês... se perceberem minha voz embargada é por causa da tosse, da coriza que estou sentindo, mas tenho certeza que não vai ser nada, porque Deus vai abençoar e que semana que vem tudo estará bem", finalizou, deixando muitos apreensivos, por descrever sintomas similares ao do coronavírus.

Ainda segunda a publicação, Santana deixou o local do show sem falar com a imprensa ou atender aos fãs por conta do mal-estar que relatou. A assessoria do artista informou ainda que a agenda de shows do artista será seguida normalmente.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem