Celebridades

Com filho autista, Marcos Mion pede que pessoas não soltem fogos de artifício no Ano-Novo

'O mundo mudou e você tem que pensar no bem maior', afirma apresentador

O apresentador Marcos Mion com o filho Romeo Mion no lançamento do livro infantil "A Escova de Dentes Azul"
O apresentador Marcos Mion com o filho Romeo Mion no lançamento do livro infantil "A Escova de Dentes Azul" - Bruno Poletti/Folhapress
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Marcos Mion foi ao Twitter nesta terça-feira (31) para fazer um pedido aos seus seguidores neste Ano-Novo: que eles não soltem fogos de artifício barulhentos durante as festas de revéillon.

O apresentador, que é pai de Romeu, um menino com transtorno do espectro autista, disse que é preciso "pensar em todos os autistas que entram em crise com o barulho" e "em todos os animais que entram numa espiral de pânico".

"Eu sei que é tradição, mas o mundo mudou e você que pretende soltar fogos de artifício hoje à noite tem que pensar no bem maior", afirmou Mion no Twitter.

A beleza dos fogos se transforma em tormento para cães e gatos, que têm audição mais sensível que as pessoas. Com medo, muitos podem tentar fugir, ou esbarrar em algo e se machucar. Desorientação, tremores e coração acelerado são sintomas de medo. Animais com problemas de saúde, especialmente cardiopatas, precisam de cuidado redobrado.

Pensando nisso, alguns canais terão programação especial nesta virada de ano. Para tentar acalmar os bichos, os canais da TV paga National Geographic e National Geographic Wild apresentarão o especial "Réveillon para Pets".

Durante uma hora, a partir das 23h55 desta terça, serão exibidas imagens relaxantes, acompanhadas de música clássica, para ajudar a combater o estresse causado pelos estampidos da comemoração da virada.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem