Celebridades

Fãs ficam três horas na fila de velório de Gugu Liberato

Sabrina Sato, Eliana, Mara Maravilha e governador João Doria estiveram no local; Silvio Santos enviou coroa de flores

São Paulo

O corpo do apresentador Gugu Liberato, morto na semana passada, chegou à Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) na manhã desta quinta (28), mas os primeiros fãs começaram a formar fila já na noite do dia anterior.

No fim da tarde, fãs esperaram até três horas para chegar perto do caixão. Numa tela grande, imagens exibiam fotos do apresentador. 

Alguns deles enfrentaram a fila mais de uma vez. Foi o caso da diarista Maria Sandra, 48, que chegou às 11h. “Vim porque eu o amo muito. Não me conformo. Não era pra ele ter subido lá. Era pra ele 
estar vivo”, disse.

 

Gugu morreu aos 60 anos, na sexta (22), após uma queda. Ele fazia um reparo no ar-condicionado do sótão da casa, nos arredores de Orlando, nos Estados Unidos.

Acompanhada de helicópteros de escolta, a chegada do corpo foi quieta e não gerou tumulto. A mãe de Gugu Liberato, Maria do Céu, de 90 anos, veio com o comboio. Ela estava em cadeira de rodas e foi acompanhada por familiares.

Entre os famosos que prestaram homenagens estiveram os apresentadores Sabrina Sato, Eliana, Rodrigo Faro, Celso Portiolli, Ana Hickmann, Mara Maravilha, o ex-Polegar Rafael Ilha, o ex-assistente de palco do Gugu Liminha, além do governador de São Paulo, João Doria (PSDB). 

O tucano decretou luto de três dias em razão da morte do apresentador. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado na última terça (26). No comunicado, o governador afirmou que a TV brasileira perdia “um de seus principais comunicadores”. “O Brasil perde um talento”, afirmou, em nota.

Silvio Santos enviou uma coroa de flores, assim como Luciano Huck e Angélica.

A cerimônia deve seguir até a manhã desta sexta (29). Depois, Gugu será levado em carro de bombeiros para o Cemitério Gethsêmani, no Mor

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem