Celebridades

Mariah Carey processa ex-funcionária e pede quase R$ 20 milhões após ter dados vazados

Assistente da cantora contou a jornal os gastos dela

Apresentação de Mariah Carey no 2019 Billboard Music Awards
Apresentação de Mariah Carey no 2019 Billboard Music Awards - Reuters
Leonardo Volpato
São Paulo

A cantora Mariah Carey, 49, está processando uma ex-funcionária e assistente pessoal. Ela pede o equivalente a quase R$ 20 milhões por danos. Isso porque a então fiel escudeira revelou ao Daily Mail, em janeiro, os gastos excessivos feitos pela cantora.

À publicação, Lianna Azarian revelou que Mariah gastava quase R$ 40 mil só com injeções para corrigir o bumbum, além de dizer que ela pagou mais de R$ 1 milhão em roupas na véspera de um Natal. Os gastos teriam sido feitos com o cartão de Lianna, com consentimento dela.

Só que a artista não gostou de ter seus dados vazados e agora entra na Justiça, segundo o site Tellereport. Segundo Mariah, ambas tinham um acordo de confidencialidade assinado desde 2015. Lianna foi demitida em 2017.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias