Celebridades

Namorada de Gabriel Diniz diz que última mensagem enviada a ele foi música religiosa: 'Te amo muito ainda'

Velório do cantor foi acompanhado por nove mil pessoas

Gabriel Diniz e a namorada Karoline Calheiros
Gabriel Diniz e a namorada Karoline Calheiros - Reprodução/Instagram/umanjokarol_
Aline Martins
João Pessoa

Desde que o velório do músico Gabriel Diniz foi aberto ao público no ginásio O Ronaldão, em João Pessoa, o fluxo de pessoas é alto. Segundo a organização da cerimônia até as 11h20 da manhã, 9.000 pessoas já haviam passado por lá, e a fila continuava longa. 

Durante o período que esteve na frente do caixão, a namorada Karoline Calheiros acariciava o rosto e os cabelos do músico. Em vários momentos foi consolada por amigos e familiares. Emocionada, ela pegou o microfone para falar da última vez que falou com Gabriel, por volta das 11h30 da segunda-feira (27).

Ele havia lhe mandado um áudio de uma música religiosa. A canção falava do amor de Deus. "Eu te amo muito ainda", disse Karoline Calheiros.  

Além dela, muitos fãs queriam dar o último adeus ao músico. Algumas personalidades do humor na web e que moram na Paraíba, assim como alguns cantores como Mara Pavanelli, Mariah, ex-The Voice Kids, passaram pelo velório.

Por volta de 13h, o cantor Wesley Safadão chegou com a mulher ao velório. Com o rosto nitidamente abalado e vermelho do choro, o músico abraçou alguns amigos e familiares de Gabriel Diniz. Na mesma hora também chegou Xande Avião, da banda Aviões do Forró. 

Um dos momentos de forte emoção foi a chegada da banda de Diniz.  Por volta das 10h20, todos se abraçaram ao redor do caixão. Um dos representantes do grupo falou brevemente sobre a importância de Diniz. Juntos, fizeram orações e depois cantaram. 

O pai de Gabriel Diniz, Francisco Diniz, revelou que o filho tinha sonhos de fazer sucesso fora do Brasil. "A minha tristeza é que ele não concluiu o que queria: chegar a ter mais sucesso. Ele queria ir para fora do País", revelou. 

Entre os fãs, Renata Silva, 33, enfrentou uma hora na fila, mas não desistiu. Ela acompanhava o músico há alguns anos e ficou feliz quando ele fez sucesso com a música "Jenifer". "Ele era uma pessoa muito carismática e atenciosa com o público. Foi um choque a morte dele", comentou. 

Ana Maria Ferreira, 45, também compareceu ao velório. "É muito triste ver uma morte tão cedo de um garoto que tinha tudo para crescer no futuro. Era um garoto de ouro", frisou.

Camila Souza, 22, disse que sempre ouvia "Jenifer". "Era todo mundo cantando. Meus sobrinhos adoravam", contou. Adriane Domingos, 35 anos, recebeu com tristeza a morte precoce do músico. "Estava no trabalho quando recebi a notícia. Um choque", afirmou.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem