Celebridades

'Você tem um coração seu fora de si. É muito doido', diz José Loreto sobre a filha recém-nascida

O ator afirma que preparou surpresas para Débora Nascimento no Dia das Mães

O ator José Loreto acompanha UFC 224, na Jeunesse Arena
O ator José Loreto acompanha UFC 224, na Jeunesse Arena - Reginaldo Teixeira/CS Eventos/Divulgação

Cris Veronez
Rio de Janeiro

Pai coruja assumido, José Loreto, 33, não economizou elogios à mulher, Débora Nascimento, 32, quando questionado sobre como a filha do casal mudou a vida dos dois. Bella nasceu no dia 14 de abril.

"Está sendo lindo e eu aprendo muito a cada dia. Débora é maravilhosa, uma mãezona. Se estou me transformando, imagina ela. Sou apaixonado. Agora mais ainda. Ela é extraordinária", disse o ator. 

Esse é o primeiro ano que Nascimento vai comemorar o Dia das Mães, e, se depender de Loreto, o dia vai ser muito especial. Ele disse que já preparou algumas surpresas e que está vivendo esse momento de forma intensa.

O ator afirmou também que é um pai presente e que faz o possível para cuidar da filha, ainda que o momento atual, segundo ele, seja mais da mãe por conta da amamentação. A experiência da paternidade, diz ele, fez com que ficasse mais fácil entender as preocupações de seus pais. 

"Cada dia é uma preocupação nova. Você entende seus pais de outra maneira. É outro olhar. Você tem um coração seu fora de si. É muito doido."

Dormir oito horas seguidas? Nem pensar. Agora isso não existe mais. "É bem árduo. Ninguém tinha falado que era tão cansativo", disse, rindo.

UFC 224

Loreto conversou com o F5 nos bastidores do UFC  (Ultimate Fighting Championship) 224, na Jeunesse Arena, na Barra da Tijuca, no Rio. A mulher ficou em casa com Bella.

Amante do esporte, ele diz que está seria a última profissão de que gostaria que sua filha escolhesse. "Vida de atleta é muito dura". 

Em 2016, o ator estrelou o filme "Mais Forte Que o Mundo" ​,  a cinebiografia do lutador de MMA (Mixed  Martial  Arts, ou artes marciais mistas)José Aldo. Em 2017, foi lançada a série. Na época, Loreto revelou que ficou um ano sem comer carboidratos para poder interpretar Aldo.

Para o ator, a vida de lutador é ainda mais difícil que a de artista, tanto pela rotina regrada que os esportistas em geral devem levar, quanto pela pressão que sofrem para vencer. A preparação que fez para viver Aldo nos cinemas, no entanto, ainda rende frutos no seu dia a dia. Loreto diz que mudou seus hábitos para melhor. "Vida de lutador é muito extrema. Depois de viver isso, você carrega coisas benéficas para sua vida."

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem