Celebridades

'Doar leite materno, quando se tem de sobra, é um ato de amor', diz Karina Bacchi

A atriz e modelo participa de uma campanha de doação de leite materno

A atriz Karina Bacchi com o filho, Enrico
A atriz Karina Bacchi com o filho, Enrico - Arquivo pessoal

São Paulo

A atriz e modelo Karina Bacchi, 41, está participando de uma campanha para incentivar as mães a doarem leite materno. Mãe de Enrico, que completa nove meses na semana que vem, Bacchi relembre em sua rede social a importância da amamentação e  a dificuldade de muitas mulheres em produzir o leite materno.

"Sempre tive o sonho de ser mãe, gerar e participar de cada etapa, entre elas a amamentação que, na minha opinião, é importantíssima para saúde e vínculo entre mãe e filho. Enrico se alimenta de leite materno à noite e de madrugada; durante o dia já come papinhas. É um presente poder amamentar até hoje, e doar leite materno, quando se tem de sobra, é um ato de amor que todas nós devemos incentivar e participar", disse a atriz ao F5.

Bacchi também destacou o fato de muitas mães não conseguirem amamentar seus filhos e recorrerem aos bancos de leites. "Amamentar é a vontade de muitas mães mas que, por diversos motivos, algumas não conseguem. É uma crise difícil de atravessar e que, com a ajuda de outras mães e do trabalho maravilhoso dos bancos de leite, muitas mulheres conseguem acesso ao leite materno para dar aos seus bebês."

 

De acordo com a rBLH (Rede Global de Bancos de Leite Humano), não é necessário ter uma produção demasiada de leite para se tornar doadora e não existe quantidade mínima para a doação. O modelo brasileiro para Bancos de Leite Humano (BLH) é referência internacional e, desde 2005, o país exporta técnicas de baixo custo para implementar BLHs na América Latina, Caribe Hispânico, África, Península Ibérica e outros países.

A atriz ainda lembra que o Brasil possui a maior rede de bancos de leite do mundo com 221 unidades em todos os estados, além de 186 postos de coleta. "Mesmo com o total de doações, a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano consegue suprir apenas cerca de 60% da demanda para recém-nascidos internados em unidades de terapia intensiva."

Bacchi afirmou ainda que pretende amamentar por mais algum tempo Enrico. "Tempo leite suficiente e esse momento de afeto é maravilhoso, Por sorte, nunca senti dor nem dificuldades. É cansativo muitas vezes, mas é também um momento de doação."

A campanha da qual a atriz participa faz parte de uma ação da Panasonic, "Conserve o Amor", em incentivo e apoio à doação de leite materno. Às vésperas do Dia das Mães, celebrado no dia 13 de maio, a empresa reforça ainda a importância de manter o leite em refrigeração adequada em casa e no banco de leite, etapa fundamental para que a doação não seja perdida e que o alimento chegue aos bebês. 

GRAVIDEZ

Após terminar o casamento de seis anos com o publicitário Sérgio Amon, em outubro de 2016, Karina decidiu ser mãe. "Ou tinha coragem ou poderia ter uma vida de frustração", disse a atriz.

A atriz, que teve as trompas retiradas em uma cirurgia, engravidou por produção independente por meio de fertilização in vitro de doador internacional. Para a artista, essa possibilidade lhe permitiu escolher alguém que tivesse as características físicas e de personalidade semelhantes às dela.

Karina escolheu Ticiane Pinheiro, apresentadora do "Hoje em Dia" (Record) para ser madrinha de Enrico, que nasceu no dia 8 de agosto de 2017 em Miami, nos EUA. " É uma forma de garantir a ele mais oportunidades de escolhas futuras, seja no estudo ou no trabalho", disse a atriz sobre a criança ter dupla cidadania.​

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem