Celebridades

Alexandre Frota apoia caminhoneiros na Régis Bittencourt: 'Se tiver que ser com intervenção militar, que seja'

Paralisação de caminhoneiros entra em seu quinto dia consecutivo

Alexandre Frota apoia protesto de caminhoneiros na Régis Bittencourt
Alexandre Frota apoia protesto de caminhoneiros na Régis Bittencourt - Isabel Fleck/Folhapress

Isabel Fleck
São Paulo

O ator Alexandre Frota, 54, que se filiou ao PSL, partido de Jair Bolsonaro, e vai tentar ser deputado federal nas próximas eleições, prestou apoio, na tarde desta sexta-feira (25), aos caminhoneiros que faziam paralisação na rodovia Régis Bittencourt, próximo a Embu das Artes, na Grande São Paulo.

"Vim prestar minha solidariedade a eles, porque nessa hora não vejo deputado, não vejo secretário, não vejo governador, não vejo artista, não vejo gente que tá sempre fazendo manifestação por uma série de coisas. Mas agora para resolver a situação de trabalhadores como os caminhoneiros eu não vejo ninguém", disse Frota, entre aplausos e selfies.

Questionado sobre as faixas pedindo a intervenção militar, o ator se disse "a favor de um Brasil melhor". "Se tiver que ser com a intervenção militar, que seja com intervenção militar. Se o povo tiver que ir pra rua, que vá pra rua", afirmou. 

PROTESTO DE CAMINHONEIROS

O governo federal autorizou o uso das Forças Armadas para liberar estradas bloqueadas por caminhoneiros caso não haja um refluxo no movimento, que entrou no quinto dia nesta sexta-feira (25).

A manhã desta sexta teve início com manifestações em 24 estados e no Distrito Federal, com mais de 500 focos de paralisações e bloqueios parciais em estradas, apesar de acordo feito com algumas entidades na noite de quinta para parar os protestos.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem