Celebridades

Atriz Cynthia Nixon, de 'Sex and the City', pode concorrer ao Governo de Nova York

Conhecida por interpretar Miranda no seriado americano, Nixon considera carreira política

Cynthia Nixon candidata
Atriz Cynthia Nixon fala durante evento do "Estado da União" em Nova York - Darren Ornitz-29/01/2018- Reuters

Nova York

Cynthia Nixon, uma ativista liberal e estrela da série de sucesso "Sex and the City", está considerando concorrer a governadora de Nova York, desafiando o atual governador Andrew Cuomo nas primárias democratas, informou a rede de TV NY1 nesta terça (6), citando fontes não identificadas.

Segundo o canal de televisão, a atriz começou a montar a sua equipe, que inclui dois veteranos do grupo do prefeito da cidade de Nova York, Bill de BlasioAs primárias serão em 13 de setembro e a eleição em 6 de novembro. 

"Muitos nova-iorquinos preocupados têm encorajado Cynthia a concorrer ao cargo, e, como ela disse anteriormente, ela irá continuar explorando isto”, disse a agente dela, Rebecca Capellan, em comunicado. "Caso e quando tal decisão for tomada, Cynthia certamente tornará público seus planos”

Filho do governador de Nova York Mario Cuomo, morto há três anos, Cuomo, 60, busca seu terceiro mandato neste ano. Em sua reeleição em 2014, um desafiante nas primárias com pouco reconhecimento, Zephyr Teachout, conquistou cerca de 34% dos votos, contra 62% de Cuomo, levando a especulações de que Cuomo, um moderado, poderia estar vulnerável a um desafiante.

Cynthia Nixon, 51, estrelou a série de TV da HBO de 1998 a 2004 sobre quatro mulheres na cidade de Nova York, interpretando a advogada Miranda Hobbes. A série mais tarde gerou dois filmes.

Perguntado nesta terça (6) sobre um possível desafio da artista, Cuomo disse a repórteres em teleconferência: "Sobre pessoas que podem ou não concorrer ao governo em ambos lados do corredor, isto cabe a elas e nós iremos lidar com isto conforme a campanha progredir”.

Reuters
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem