Celebridades

'Acho mais importante pensar no ebola', diz atriz Maria Zilda sobre beijo gay na TV

A atriz Maria Zilda, 63, mostrou não estar interessada na relevância dos beijos gays em novelas.

Homossexual assumida, Zilda disse ter dúvidas se a TV tem investido em mostrar os beijos gays apenas para conseguir audiência.

"Acho isso uma coisa tão banal. Não sei por que se dá importância nessa altura do campeonato. Acho mais importante pensar no ebola. Não sei se em termos de novela é uma abertura ou uma forma de ter audiência", disse ela em entrevista ao "TV Fama" (RedeTV!).

Longe da televisão há algum tempo, a atriz tem se dedicado à direção de peças de teatro e à preparação de atores.

Casada desde 2008 com a arquiteta Ana Kalil, Zilda falou sobre como o público encarou sua saída do armário.

Ela foi casada com o diretor global Roberto Talma, com quem tem dois filhos, Raphael e Rodrigo.

"Isso é uma coisa natural e não estou preocupada com o que os outros pensam. Estou preocupada em ser feliz. Minha preocupação, fora eu mesma, é com os meus filhos, se meus filhos estão felizes, se acham natural e têm uma relação linda com ela, como eles têm. Minha neta, que é doida por ela. Então, eu estou ótima e muito feliz", afirmou.

A entrevista completa vai ao ar no "TV Fama" desta terça-feira (21), às 19h45, com apresentação de Nelson Rubens e Íris Stefanelli.

Crédito: RedeTV! A atriz Maria Zilda
A atriz Maria Zilda

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias